Renda per capita: Maranhão avança no quesito

Publicidade
Conforme números divulgados pelo IBGE no início de março deste ano, o Maranhão diminuiu nos últimos três anos, a distância no quesito renda per capita conforme a Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar (Pnad). Em 2014, a diferença em relação a Alagoas, o penúltimo colocara era de R$143,00 e agora é de apenas R$61.

Entre 2014 e 2017, o maranhense teve renda anual acrescida em R$136,00 subiu de R$461,00 para R$597. Alagoas subiu R$54,00 o antepenúltimo, o Pará subiu R$84,00 nos últimos três anos, de R$631,00 para R$715,00.

O Brasil apresentou renda per capita média de R$1.268. A unidade da federação em melhor posição é o Distrito Federal com R$2.548,00. O DF vem seguido de São Paulo com R$1712,00 e do Rio Grande Sul com R$1635,00.

Ainda estão acima da média nacional em relação à renda per capita, após SP e RS, os estados de Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Goiás. Todos os demais estados estão abaixo.

Fonte de aferição de renda per capita

A Pnad Contínua é uma pesquisa domiciliar que, a cada trimestre, levanta informações socioeconômicas em mais de 211 mil domicílios, distribuídos em cerca de 3.500 municípios do país, segundo o IBGE.

Frederico Luiz


Fonte: IBGE e O Globo
Advertisemen