Tags

Campeonato Brasileiro de Sinuca será aberto nesta quarta

Publicidade
A solenidade de abertura do CBSK 2015 será realizada nesta quarta-feira (21), às 11h, no Shopping da Ilha, com desfiles das federações nacionais concorrentes, a execução dos hinos oficiais pela Banda de Música do 24º BIL e pronunciamento das autoridades. A solenidade será prestigiada pelo governador Flávio Dino, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, e seus respectivos secretários de esporte e lazer, Márcio Jardim e Júlio França. Todo o campeonato é aberto ao público. Participe.
Montagem das mesas no Shopping. Foto: Paulo Washington
Melhores da sinuca em São Luís. Foto: FMSK
Lourival Bogéa (3ºD) preside a FMSK. Foto: Paulo Washington
Com patrocínio do Grupo Mateus, via Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo do Maranhão (Sedel/Sefaz), o CBSK 2015 é uma realização da Confederação Brasileira de Bilhar e Sinuca (CBBS), Federação Maranhense de Bilhar e Sinuca (FMBS) e Sinucas Jocari. Aberto ao público, o Campeonato Brasileiro de Sinuca tem apoio do Jornal Pequeno, Prefeitura de São Luís, Aramith, Cloth Strachan, Bus Transportes, ServBus, AABB São Luís, Centro Elétrico, SLP Eventos e Hotel Luzeiros.

152 atletas de todo o Brasil, sendo 29 da Federação Maranhense estarão concorrendo. Entre as novidades deste ano estão a presença do campeão internacional de sinuca e um dos melhores atletas no ranking mundial, o britânico "Sir" James Warren White (Jimmy White), que fará única apresentação em São Luís, no dia 24 de outubro, às 10h e jogos na mesa modelo Londres. Segundo Leir Souza, das Sinucas Jocari, a arena terá 14 mesas, sendo 8 no padrão internacional e 6 nacional.

Leir Souza também explica que a estratégia que a CBBS e a FMBS vem desenvolvendo conjuntamente é a mais acertada para desenvolver a sinuca profissional brasileira. “A sinuca tem que seguir as regras do IBSF World Snooker. Esse é o melhor caminho e a CBBS e a FMBS estão fazendo certo. A CBBS está promovendo o intercâmbio profissional de nossos atletas e o resultado já aparece. O nível da sinuca brasileira hoje já é melhor do que há cinco, dez anos. Hoje, tomamos rumos novos para termos resultados profissionais melhores”, finaliza Souza.

Paulo Washington
Publicidade

Related Posts
Disqus Comments