Timon: o último aulão antes do Pré-Carnaval

Publicidade

Prefeitura de Timon promoveu o último esquenta antes do Zé Pereira

Ontem, sexta-feira, a Prefeitura de Timon-MA promoveu o último aulão do projeto Agita Zé Pereira. A ideia, que surgiu com intuito de unir diversão e saúde, cresceu, caiu no gosto popular e encerrou suas atividades com a promessa de repetir o sucesso em 2018. A quarta e última edição aconteceu na Praça São José, centro da cidade.

Direto da Aldeia Global publicou sobre Zé Pereira 2017:
Último Agita esquenta para o Zé Pereira
16º Zé Pereira de Timon começa sábado, 11

Desde que o Zé Pereira foi instituído como patrimônio dos timonenses pelo prefeito Luciano Leitoa, o governo municipal não mede esforços para manter viva a mais tradicional festa local. O evento gera, além de sorrisos, oportunidade a centenas de pessoas. E as aulas de dança vieram com essa pegada, de aproximar a população com o propósito da festa: diversão.

Uma das participantes, Ana Lúcia explica que mesmo tendo um pouquinho de dificuldades de acompanhar os professores, o importante é participar: “Eu achei uma ideia muito boa, uma aula bem animada. Algumas coreografias são mais difíceis, mas não desisto, pois o que vale é dançar. Nota mil!”.

Agora, é chegado o momento de colocar em prática todos os passos que aprenderam durante as aulas e cair na folia do maior pré-carnaval do Maranhão logo mais a partir das 20h30 na Avenida Piauí e, amanhã, domingo, 12.

Faltam poucas horas para a maior festa da cidade começar

A Prefeitura de Timon vem trabalhando há alguns meses para que a festa mais aguardada da cidade ofereça ao timonense segurança e toda a estrutura para dois dias de pura folia. Hoje, às 21h, a Av. Piauí se transformará no corredor da folia. Quem abre o evento com muita alegria é a banda local La Noiz; em seguida, as bandas ConecCia e as atrações nacionais Mara Pavanelly e o axé contagiante de Avine Vinny animam a festa.

A infraestrutura do maior carnaval fora de época da região está pronta para dar todo o suporte ao folião. O circuito da folia possui camarotes, arquibancadas para 2 mil pessoas, e pontos de alimentação ao longo da avenida. A prefeitura cadastrou donos de barracas para a venda de bebidas e comida. Seu Isac Sousa participa da festa há quatro anos e diz que se o clima colaborar o faturamento vai dobrar em relação aos outros anos “Venho sempre, e dessa vez vou oferecer ‘arrumadinho’, cerveja, refrigerante e água. Se a chuva só aparecer no final, ganho bem hoje”, conta ele otimista e satisfeito com o ponto sorteado para montar sua barraca. Ele e os demais comerciantes venderão bebidas – alcóolicas ou não – em latinhas, obedecendo ao decreto por meio do qual a prefeitura proibiu venda de qualquer tipo de bebida em recipientes de vidro na área do evento, bem como nas ruas paralelas e em um raio de 500 metros.


Além da medida preventiva adotada na área de comercialização de comidas e bebidas, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMS), está com um stand de fácil acesso, logo na entrada da Rua Coronel Falcão. Durante os dois dias, serão distribuídos preservativos, panfletos educativos, além de existir um ponto fixo do Samu para atender pequenos incidentes; nas ruas laterais, o serviço de urgência estará com ambulâncias posicionadas. A Vigilância Sanitária, logo mais à tarde, realizará a distribuição de kits de EPIs para os vendedores ambulantes. Ttoucas, aventais e luvas serão oferecidos gratuitamente.

A coordenadora em vigilância em saúde e vigilância sanitária, Cleiriane Mota, explicou as atividades que antecedem o evento. “Já houve uma ação dos agentes de endemias, orientando quanto ao lixo e combate ao mosquito Aedes aegypti em virtude da chuva; logo mais, à tarde, haverá distribuição dos kits para os vendedores; e durante a festa estaremos orientando sobre DSTS e o uso de preservativos”, explica.

O corpo de bombeiros realizou pela manhã a vistoria dos camarotes privados, arquibancadas e trios elétricos. “Tudo ok pra festa iniciar. Estamos apenas organizando e orientando os profissionais que vão trabalhar no momento da festa; o folião pode vir pra avenida e teremos um percurso de 3km de muita alegria”, convida Leyliane Monteiro, diretora executiva da Fundação Municipal de Cultura.

O tráfego nas pontes e na área do evento passará por algumas alterações: a partir das 15h, a Ponte da Amizade será interditada no sentido Teresina – Timon, e a partir das 18h, o sentido Timon – Teresina também será bloqueado. O DMTRANS orienta que nesses horários o motorista poderá trafegar pela Ponte Metálica, que funcionará normalmente, ou pela Ponte Nova. As ruas paralelas estarão interditadas para estacionamento; apenas pedestres estarão circulando. Um cadastro prévio dos moradores foi realizado para lhes dar acesso livre.

No domingo, a festa não para e começa mais cedo, com os blocos de sujos às 16h. Haverá premiação para o bloco que obtiver maior pontuação nos critérios: originalidade, criatividade, animação, número de componentes, organização e respeito a essa tradicional festa. Uma comissão organizadora irá avaliar os desfiles dos blocos tradicionais, que já estão inscritos.

Tarsila Machado

Publicidade