PM-MA sabe quanto vai ganhar até 2018

Publicidade

Governo do Maranhão pagará em maio sexto maior subsídio da PM no país

A partir de maio de 2017, o Maranhão pagará o sexto maior subsídio ao Policial Militar em início de carreira no país. Medida neste sentido está assegurada pelo orçamento estadual. O subsídio inicial do soldado da PMMA e do CBPMA, que será efetuado ainda dentro do mês como tem procedido o governo do Estado durante todo o período desde janeiro de 2015, será de R$ 4.019, 62. A esse valor ainda são acrescentadas gratificações que no total o aproxima de R$ 5 mil. No estado do Rio de Janeiro, onde os policiais estão com salários atrasados e parte do décimo terceiro ainda não foi pago, o inicial do soldado da PM não alcança R$ 2 mil.

Pela tabela de salários da PM do país, o Maranhão ficará apenas abaixo de Brasília, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais e Tocantins. Na capital do país, o salário do PM em início de carreira atualmente é de R$ 4.700,00, seguida de Goiás, com R$ 4.485, 00; Santa Catarina com 4.143,67; Minas Gerais que paga R$ 4.143,87, e, por fim, Tocantins onde soldado tem subsídio de R$ 4.056,67.


A corporação no Estado hoje é formada por cerca de 9 mil policiais militares. Mil destes foram incorporados por ato do governador Flávio Dino ao assumir o governo, em 1º de janeiro de 2015. No país inteiro está havendo um esvaziamento dos quartéis da PM. Em Brasília entre janeiro e a primeira semana de fevereiro, mas de 1,2 mil policiais pediram desligamento, ingressaram com pedidos de aposentadoria ou simplesmente trocaram a corporação por outra profissão.

Em maio os subsídios do coronel, maior posto da Policia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, que passará a R$ 15.312,82, sem contar as gratificações. Segundo ainda a tabela de subsídios, o aluno do Centro de Formação da Policia do primeiro, segundo e terceiro ano terão subsídios entre R$ 3.062,56 e R$ 3.368,82.

Leandro Miranda, Blog Marrapá

Nota do editor da Aldeia: Em 2011 e 2014 durante a gestão de Roseana Sarney, policiais militares do Maranhão fizeram greve por melhores salários. Relembre:

Em 2011, Policiais tentavam intermediação da Assembleia Legislativa

Em 2014, Em Assembleia, PM aprova pauta de reivindicação
Publicidade

Publicidade