Prêmio José Augusto Mochel 2016

Publicidade

Homenagem do PCdoB aos que lutam pela democracia

O PCdoB-MA realiza na próxima quarta-feira (14), às 18h, no Grand São Luís Hotel, a 10ª edição do Prêmio José Augusto Mochel. A premiação é uma homenagem em reconhecimento às lideranças políticas, militantes e entidades que tenham se dedicado às causas democráticas no Maranhão.

O prêmio foi instituído em 2007 pelo então deputado federal Flávio Dino, e já congratulou dezenas de personalidades pela dedicação com a luta democrática, popular e socialista.

Para o presidente estadual do PCdoB e secretário de Estado de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, a premiação é uma “homenagem aos que lutam pela democracia”.

“O Prêmio José Augusto Mochel chega à décima edição. Muitos lutadores sociais e entidades homenageados nesses dez anos”, ressaltou Jerry.

O Comitê Estadual do PCdoB-MA, o diretório municipal da sigla em São Luís e a Fundação Maurício Grabois – instituto vinculado ao partido - anunciaram a lista de homenageados nesta 10ª edição.

Direto da Aldeia Global publicou sobre prêmio:
2015 - FLÁVIO DINO ENTREGA PRÊMIO MOCHEL 2015
2014 - PRÊMIO JOSÉ AUGUSTO MOCHEL É ENTREGUE NA QUINTA, 18
2013 - PCDOB CONVIDA PARA ENTREGA DO PRÊMIO
2012 - PREMIAÇÃO DO JOSÉ AUGUSTO MOCHEL
2011 - MAIS FOTOS - JOSÉ AUGUSTO MOCHEL
2010 - DURANTE A ENTREGA DO PRÊMIO, FLÁVIO DINO DIZ QUE 2010 FOI ANO DE VITÓRIAS

Homenageados
Entre os homenageados no Prêmio José Augusto Mochel 2016, destaque para o reconhecimento do papel desempenhado pelo Laborarte, grupo artístico independente fundado na década de 1970 em São Luís, e que há anos é referência em arte, cultura e engajamento político.

O Prêmio José Augusto Mochel 2016 também renderá homenagem à presidenta nacional do PCdoB, a deputada fedederal Luciana Santos; ao militante do PDT, empresário, poeta e produtor cultural Renato Dionísio; e ao médico, professor universitário e ativista social, professor Luizão.

Outro homenageado com o José Augusto Mochel 2016 é o educador professor Roberto Mauro Gurgel, importante referência na educação maranhense.

O jornalista e ex-deputado Luiz Pedro, e a professora, bibliotecária e militante do feminismo, Mary Ferreira, completam a lista de congratulados.


Reconhecimento póstumo
A homenagem póstuma do Prêmio José Augusto Mochel 2016 será dedicada à professora e militante de esquerda, Ieda Batista, que faleceu em 2008.

Quem foi José Augusto Mochel?
Um dos objetivos da premiação é reverenciar a memória do líder comunista José Augusto Mochel, que faleceu em 25 de março de 1988, em São Paulo. Mochel foi militante do movimento estudantil secundarista e universitário, marcando sua atuação no combate à ditadura militar.

José Augusto Mochel participou ativamente da luta pela redemocratização, apoiou as lutas de resistência camponesa num momento de graves conflitos pela posse da terra. Participou da luta pela anistia e ajudou a fundar a Sociedade Maranhense dos Direitos Humanos. Foi um dos reorganizadores do PCdoB no Maranhão, tendo sido candidato a deputado federal nas eleições de 1982 pelo PMDB, já que à época esse era o espaço de atuação do PCdoB, partido que estava na ilegalidade imposta pela ditadura.

Foto: Há dez anos a premiação homenageia personalidades que lutam por justiça social e pela democracia
Publicidade