Tags

Conferência Internacional Portuária‏

Publicidade
O Maranhão marca presença na 9ª edição da Conferência Internacional de Engenharia Costeira e Portuária em Países em Desenvolvimento (Pianc – Copedec), que está sendo realizada no Rio de Janeiro desde o último domingo, 16. A Empresa Maranhense de Administração Portuária – EMAP conta com um estande para apresentar a infraestrutura do Porto do Itaqui e trocar experiências e conhecimentos com equipes de outros portos sobre questões técnicas, econômicas e ambientais.

O presidente da Emap, Ted Lago, e o diretor de Operações, José Magalhães, participaram da abertura da Conferência. Também acompanharam o evento o diretor de Engenharia, Eugenio Mendonça, as gerentes de Novos Negócios, Luciana Kuzolitz, e de Projetos, Alvelinda de Sousa. A gestora de Meio Ambiente, Gabriela Heckler, apresenta, nesta sexta, 21, estudo no painel Mudanças Climáticas e Questões Ambientais Portuárias e Costeiras, intitulado “Conformidade Ambiental dos Combustíveis Navais”.
Equipe da EMAP com o presidente, Ted Lago, e o diretor geral da Antaq, Adalberto Tokarski.
Equipe da EMAP com o presidente, Ted Lago, e o diretor geral da Antaq, Adalberto Tokarski.. Foto: +GovernoMA 
Estande do Porto do Itaqui na Pianc
Estande do Porto do Itaqui na Pianc. Foto: Agência de Notícias Maranhão
“O evento reúne uma grande diversidade de temas e está sendo um importante canal de informações para a nossa equipe nas questões comerciais e de novas tecnologias e design de portos. Destaco a exposição das tendências mundiais no setor de cargas, com orientações estratégicas para direcionar os planos de crescimento físico dos portos para os próximos anos”, avalia Eugenio Mendonça.

A Piancé um fórum que conta com a participação de profissionais de várias partes do mundo para o intercâmbio de recomendações e conselhos especializados sobre engenharia costeira e meio ambiente. A conferência reúne setores governamentais e privados com o propósito de fomentar parcerias em projetos, desenvolvimento e manutenção de portos, vias fluviais e zonas costeiras.

O evento é também uma oportunidade de manter a comunidade internacional de transporte aquaviário conectada. Entre os temas em pauta até sexta, 21, estão engenharia portuária costeira e de interior, planejamento e gestão portuária, navegação interior, transporte marítimo de cabotagem e navegação costeira, gestão de risco costeiro e da zona costeira, mudanças climáticas e questões ambientais portuárias e costeiras, logística portuária e de transporte aquaviário e multimodal.

Andréa Oliveira, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade

Related Posts
Disqus Comments