Maranhão avança. Brasil retroage

Publicidade
Mesmo antes de assumir o governo do Maranhão, em novembro de 2014, Flávio Dino disse que acabaria o feudalismo no estado e que era a vez do capitalismo. Houve quem protestasse, até João Estrada Branco esperneou. Reveja, aqui, no 'ensaio' O Blogueiro que queria ser Marquês.

Dois anos depois, o Brasil retroage enquanto o Maranhão avança. Do capitalismo, retornamos ao sistema feudal. Pelo menos, os suíços, ou parte do canivete deles raciocina dessa forma.

Jornal suíço compara Marcela Temer a Maria Antonieta

O jornal suíço Tagesanzeiger publicou, na última quinta-feira (1º), um texto assinado pela jornalista Beat Metzler que compara a primeira-dama brasileira, Marcela Temer, à rainha francesa Maria Antonieta. A matéria destaca que a esposa de Michel Temer conta com 50 empregados na residência oficial às custas do Estado, ostenta uma rotina de compras e viagens de luxo e é apontada como o reflexo de um governo que não dá protagonismo às mulheres.
De acordo com a publicação da revista Fórum, a reportagem faz uma referência à vida de Marcela como modelo e ao casamento com um homem 43 anos mais velho. A publicação ressaltou ainda as contradições das despesas atribuídas a ela diante do abismo social existente no país. “Os críticos encontraram a quem comparar Marcela Temer: Maria Antonieta. A rainha francesa ostentava, enquanto o povo governado por seu marido passava fome”, afirmou.
Confira a matéria original aqui. (Tagesanzeiger e MSN)
Ele não é um pobre rapaz, é o marido da Marcela Temer. Foto: New adVentures, Ltda
Agora, os barões famintos e os napoleões retintos podem afirmar que o MSN e os suíços são comunistas e à guilhotina com eles!

Bom, o destino de Maria Antonieta e seu marido, Luís XVI, parece ser conhecido de todos.
Publicidade