História de casais em países onde ser gay é crime

Publicidade
Foto: Robin Hammond
Darya, espancada com um bastão de baseball e esfaqueada por grupo de homens em 2011. Clique nas imagens e veja foto original Foto: Robin Hammond
Foto: Robin Hammond
Lihana e Kim, de Uganda, foram despejados de onde moravam, espancados pelos vizinhos e presos sob a acusação de homossexualidade. Foto: Robin Hammond
O fotógrafo neozelandês Robin Hammond realizou um lindo trabalho no qual repercutiu questões de direitos humanos ao mostrar um pouco da vida de homossexuais em países onde você gostar de alguém do mesmo sexo ainda é crime.

O projeto começou a ganhar vida em meados do ano passado, quando Hammond visitou a Nigéria e descobriu que cinco homens gays do país foram presos e açoitados em um tribunal. O quinteto acabou aceitando conversar e ser fotogrado por Robin, que resolveu então mostrar mais historias de pessoas que vivem em países onde ser gay é crime - punível, inclusive, com pena de morte em alguns locais.

Para dar vida ao projeto, Robin viajou pelo mundo, rodando diversos países africanos, Rússia, Líbano e Malásia. O projeto ganhou cara e nome: "Where Love Is Illegal" ("Onde o amor é ilegal").

Conheça algumas histórias acima e também acesse o site do projeto clicando aqui.

Bem Paraná e Hypeness
Publicidade