Ih! Sujou: a ficha do ex-prefeito Madeira

Publicidade

Madeira sai de cena

Em meio a toda discussão em relação ao destino do país esta semana, apenas um fato realmente chamou atenção no cenário político local: a manutenção da condenação ao ex-prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira, pela 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Os desembargadores resolveram manter, por unanimidade, a sentença que condenou Madeira, à perda da função pública (caso existente), ao pagamento de multa civil equivalente a 10 vezes o valor da remuneração do cargo de prefeito no ano de 2009, além da suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 5 anos, considerando responsabilidade por atos de improbidade administrativa.

A decisão coloca uma pá de cal em qualquer uma das pretensões do ex-prefeito. Ser candidato agora, segundo o Tribunal de Justiça, só em 2022. A sentença também o afasta, definitivamente, da possibilidade de se tornar presidente do PSDB maranhense, uma articulação que chegou a esboçar.

Apesar de divulgar nota se dizendo injustiçado e pronto para recorrer, pelo andar da carruagem, parece que Madeira terá mesmo que sair de cena.

BNC Notícias
Publicidade