Empresários reconhecem vantagens do Mais Empregos

Publicidade
Criado em agosto do ano passado pelo governador Flávio Dino para conter os efeitos da crise nacional, o Programa ‘Mais Empregos’ já colhe resultados positivos na geração de oportunidades para trabalhadores e empresas.

Com o ‘Mais Empregos’, o Governo do Estado garante crédito de R$ 500 no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) a cada novo emprego gerado pelas empresas que aderirem ao programa. Com isso, o Programa garante o pagamento de mais da metade do salário para os trabalhadores contratados com remuneração

Sediada em São Paulo com filial maranhense atuando no setor industrial, a Empresa Moinhos Cruzeiro do Sul, considera o programa importante para contratação de mão de obra: “Nós aproveitamos este benefício do governo para contratar tanto na nossa área industrial quanto no setor administrativo. Para nós o programa é bastante viável”, diz o analista fiscal Alexandro Ferreira Farias, representante da empresa.

O benefício, recentemente estendido para micro e pequenas empresas por determinação do governador Flávio Dino, já garantiu centenas de vagas, especialmente entre os jovens e pessoas que já estavam fora do mercado de trabalho há algum tempo.

É o caso do auxiliar contábil José Adriano Maciel Prata de 30 anos, que há um ano não tinha emprego formal e, agora, agradece a oportunidade: “Para mim esse programa foi muito válido, consegui uma oportunidade de recolocação dentro da minha área, o que é muito importante”, disse.

Já Fabiana Moreira de 18 anos, conseguiu recentemente uma colocação em um Supermercado de São Luís que aderiu ao ‘Mais Empregos’, diz que a oportunidade foi importante para motivá-la a se aprimorar na área: “Além dessa oportunidade de trabalho, resolvi fazer um curso no Senac para me aprimorar e seguir na empresa”, explica.

O titular da Sefaz, Marcellus Ribeiro ressalta que além dos benefícios fiscais para as empresas e combate ao desemprego, o programa ainda gera impactos positivos para a arrecadação do estado, já que a cada R$ 1,00 investidos, o retorno para o tesouro estadual é de R$ 4,00.

“O mais importante disto tudo é o cidadão que tem a oportunidade de inserção ou reinserção no mercado de trabalho, de receber seu salário, ao final do mês”, afirmou o secretário”.

Proprietário de rede de lojas de material de construção, o empresário Marcelo Brasil tem a mesma visão: “Trata-se de uma medida que beneficia a todos: as pessoas desempregadas queterão uma oportunidade, as empresas que receberão um incentivo do Governo em isenção fiscal, e acima de tudo, ganhará a sociedade que terá mais pessoas empregadas e uma economia mais forte e ativa", declarou.

Micros e Pequenas Empresas também receberão benefício
Na quarta-feira (08) governador Flávio Dino assinou Medida Provisória que garante às micros e pequenas empresas, a adesão ao benefício fiscal para novas contratações. O Governador explicou que o benefício será concedido a empresas optantes pelo SIMPLES, regime tributário diferenciado, simplificado e favorecido “Editei MP ampliando benefício de R$ 500,00 por emprego gerado para micros e pequenas empresas. No caso de micro e pequenas empresas optantes do SIMPLES, o benefício de R$ 500,00 será pago em dinheiro, todos os meses”, disse o governador.

Para Luzia Rezende, proprietária da empresa Olívio J. Fonseca, a ampliação do benefício como fundamental para incentivar as empresas: “Esse benefício concedido pelo governo é fundamental tanto para as pequenas quanto para as médias empresas, porque incentiva a geração de oportunidades e aquece a nossa economia”, avalia.

Lígia Teixeira, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade >

Recomendação do Google: