Carlos Gaby: Maioria, Blefe, pressão e audiência

Publicidade
No parlamento, maioria não quer dizer supremacia
A previsão de Hamilton Miranda se materializou. Assim que assumiu a condição de líder do Governo na Câmara Municipal, em momento conturbado de orientação parlamentar e relação institucional entre Executivo e Legislativo, previu que a bancada governista se consolidaria. ‘Questão de tempo’.

Na votação da convocação do secretário de Saúde para falar sobre denúncias na pasta, a vitória pelo ‘não’ com 14 votos selava a maioria governista na Casa.

Engana-se, porém, quem pensa que Assis Ramos terá vida fácil no parlamento. A oposição é aguerrida, tem fôlego político e é bem preparada para o embate.

O próprio presidente José Carlos já reconhece que a atual Câmara é melhor que a da legislatura passada.

A renovação de mais de 50% das cadeiras fez bem ao legislativo municipal. Saiu-se de um ciclo de oito anos do governo Madeira no qual ele navegou em águas calmas.

Espera-se que o debate mantenha o nível. Para o bem da casa parlamentar e da harmonia entre os dois poderes.

O Xerife blefou
Com o corte da chamada CET (Condição Especial de Trabalho) e de outras gratificações, criou-se uma distorção monstrenga nos subsídios dos servidores municipais. Há casos em que o salário nem salário mínimo é.

O prefeito Assis Ramos deve com urgência encontrar nova fórmula para a política salarial de seu governo ou enfrentará uma onda de manifestações, sejam nas ruas ou silenciosamente nos corredores das repartições.

Vai ter que dá
Câmara vai oficiar à direção da Ratrans, a concessionária do serviço público de passageiros, para receber comissão da Casa e prover explicações sobre suposta redução da frota e suspensão de linhas.

Solicitação do vereador Carlos Hermes (PCdoB), que denuncia a suspensão da linha Bacuri/Parque Anhanguera, prejudicando milhares de trabalhadores e estudantes.

Pressão popular
Como no caso da Latam, em que todo mundo quer ser o pai da criança, vereadores defendem audiências públicas com deputados federais e estaduais e compromissos destes com emendas de bancadas para construção de um moderno hospital em Imperatriz.

Também engajamento dos meios de comunicação na campanha.

Audiência hoje na Câmara
A Câmara Municipal realiza na manhã desta sexta audiência pública sobre voos da Latam, a desativação da Seccional da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional e o fechamento de agências do Banco do Brasil e Banco do Nordeste. Iniciativa do vereador Carlos Hermes (PCdoB).

Convidados empresários, políticos, trabalhadores, sindicatos e representantes da Latam, Infraero, BB e BNB. A partir das 9h, no Plenário da Casa.
Publicidade >

Recomendação do Google: