Ufma lança 1º calendário em Braille

Publicidade
A Universidade Federal do Maranhão promoveu, por meio do Núcleo de Acessibilidade, uma iniciativa inovadora: lançou o primeiro calendário em braille no Maranhão. A edição, com tiragem inicial de 130 cópias, será distribuída para a Escola de Cegos do Maranhão e para a Associação dos Deficientes Visuais do Maranhão (Asdevima).

A ideia do projeto surgiu em abril deste ano, quando Roberto Alves da Silva e Nataniel Campelo Pereira, transcritores do sistema braille do Núcleo de Acessibilidade, participaram de um curso de capacitação no Instituto Benjamin Constant (IBC), no qual puderam aprimorar seus conhecimentos na produção de materiais nesse sistema.

A instituição, criada em setembro de 1854 pelo Imperador Dom Pedro II, é um Centro de Referência, em nível nacional, para questões da deficiência visual. Trabalha como instituição de ensino, capacitando profissionais da área da deficiência visual, além de assessorar escolas e instituições, a realizar consultas oftalmológicas à população. Também trabalha com reabilitação e produção material especializado, impressos em Braille e publicações científicas.

Após o calendário, novos projetos estão em estudo. Foto: Ufma

Após a qualificação, os técnicos apresentaram a ideia para a diretora do Núcleo de Acessibilidade da Ufma, Piedade Araújo, que articulou a produção com a editora da Universidade. A partir daí, teve início o planejamento e a produção do calendário, que contou com a participação de Roberto, Nataniel e outros transcritores de braille, além da assistente social Josenilde Oliveira, a técnica-administrativa Fernanda Souza, o estudante de Letras que revisou o calendário após a transcrição, Jardel Oliveira, e Piedade Araújo.

Nataniel Campelo afirma que ficou feliz com o resultado alcançado. “Ficamos satisfeitos em contribuir com uma ação de acessibilidade para a Universidade, lembrando que garantir acessibilidade é um trabalho contínuo. Já estamos trabalhando em planos para o ano que vem”, afirmou.

O núcleo já tem interesse em produzir, desta vez, o calendário acadêmico da Ufma em braille. O presidente da Associação de Cegos do Bequimão, Jadson Bulhões, parabenizou a Universidade pela iniciativa. “Esse calendário dará autonomia à comunidade cega de se programar e organizar os compromissos no dia a dia”, afirmou. A diretora do Nuaces, Piedade Araújo, destacou que "muitas vezes é preciso o apoio de outras pessoas para acompanhar datas e compromissos, por isso o calendário fornece essa autonomia".

Ufma
Publicidade