Tags

Biblioteca leva acessibilidade para Felis

Publicidade
Filmes e livros com recursos de acessibilidade, além de equipamentos de tecnologia assistiva serão exibidos na 10ª Feira do Livro de São Luís (FeliS) pela Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL), espaço vinculado à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur). A 10ª FeliS, que este ano traz o tema ‘Ler a cidade e suas memórias’, começa nesta segunda-feira (7) e prossegue até 13 de novembro, em vários pontos do centro histórico.

Durante os sete dias da Feira do Livro, a Biblioteca Benedito Leite ocupará o Espaço Sensorial, das 13 às 21h, estruturado para exibir ao público livros, filmes, jogos com recursos de acessibilidade, além de computadores, impressão em braile e outros equipamentos de tecnologia assistiva utilizados para facilitar o acesso de pessoas com deficiência às bibliotecas. O espaço será compartilhado com a Secretaria de Educação do Município (Semed), que realizará oficinas inclusivas e outras atividades voltadas para a educação especial.

Biblioteca Pública Benedito Leite, presente na Feira do Livro de São Luís. Foto: +GovernoMA 
A diretora da Biblioteca Pública Benedito Leite, Aline Nascimento, falou da importância de divulgar o trabalho realizado pela BPBL a um grande público, já que a expectativa é que mais de 200 mil pessoas visitem a Feira do Livro. “Vamos mostrar a Biblioteca enquanto espaço de acessibilidade adaptado para incentivar e ampliar o acesso à leitura, além de divulgar o Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas, que visa subsidiar a construção de políticas públicas nacionais de acessibilidade em bibliotecas”, informou Aline.

10ª FeliS

Maior evento literário do Maranhão, a Feira do Livro de São Luís, que este ano homenageará o poeta Gonçalves Dias e tem como tema ‘Ler a Cidade e Suas Memórias’, ocupará ruas, praças e espaços culturais do centro histórico, com 36 estandes para livreiros, nove institucionais, cinco auditórios para palestras, debates e conferências, quatro espaços infantis e um palco principal na escadaria da Praça Nauro Machado.

As atividades acontecem nos principais espaços culturais da cidade, entre eles, o Cine Praia Grande, Casa do Maranhão, Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Escola de Cinema (Iema), Beco Catarina Mina, estacionamento da Câmara Municipal, auditório da Defensoria Pública do Estado do Maranhão, auditório da Associação Comercial do Maranhão, Teatro João do Vale, Galeria Trapiche e Anfiteatro Beto Bittencourt. As ruas Trapiche, Portugal e Estrela também receberão programação.

A Feira terá mais de 120 atividades artísticas, 65 lançamentos de livros de escritores maranhenses, 28 palestras, mais de 20 oficinas, sete debates literários com escritores, pesquisadores e poetas maranhenses, 14 escritores nacionais e outras atividades paralelas de intervenções, exposições, vendas de livros e artigos literários.

Agência de Notícias Maranhão
Publicidade

Related Posts
Disqus Comments