SLZ 404 anos: governo gera emprego e renda

Publicidade
Medidas diretas executadas pelo Governo do Estado têm estimulado a economia, promovido capacitação e gerado emprego, favorecendo a melhoria da renda. Em São Luís, milhares de pessoas foram contempladas com moradia, habitação e trabalho, uma marca da gestão que entende a qualidade de vida como uma consequência das oportunidades geradas e da garantia de condições adequadas e dignas.

O programa ‘Mais Empregos’ é um dos mais importantes para gerar postos de trabalho e movimentar a economia. Dividido em três eixos, o programa impulsiona o comércio, gera recursos e oportuniza trabalho. “Este programa é uma importante ferramenta de combate à crise e tem a missão de somar na estabilização do setor movimentando os recursos com o estímulo ao comércio local”, pontuou o secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Renda (Setres), Julião Amim.

SLZ 404 anos: governo gera emprego e renda
Governador Flávio Dino inspeciona obras na Rua de Santana. Foto: Gilson Teixeira
No eixo ‘Mutirão da Rua Digna’ será firmada parceria com instituições de classe, sindicatos, associações comunitárias e cooperativas para obter a mão de obra a ser utilizada na melhoria de vias dos bairros periféricos. O governo irá garantir os recursos financeiros para a compra dos materiais necessários aos serviços. Pela ação, a Setres espera firmar parceria com mais de 100 instituições.

O eixo ‘Cheque Moradia’ vai conceder R$ 5 mil a pessoas de baixa renda para compra de material que servirá à reforma de suas residências. Serão quatro mil famílias que a partir das compras, movimentarão o comércio de material de construção e garantirão emprego aos trabalhadores do setor. O projeto está em fase de cadastro dos beneficiados e avaliação dos estabelecimentos fornecedores do material.

O terceiro eixo do projeto vai estimular a contratação de novos trabalhadores pela iniciativa privada. A cada emprego gerado, o empresário terá desconto de R$ 500 no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “Esses programas formarão uma tríade socioeconômica que vai possibilitar a ampliação de empregos, a circulação de dinheiro e a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, reiterou Julião Amim, da Setres.


Moradia e emprego

Famílias que moravam em condições inadequadas serão beneficiadas com 1.360 apartamentos populares construídos pelo governo com investimentos de cerca de R$ 100 milhões. Os conjuntos homenagearão dois grandes escritores maranhenses: Jomar Moraes, cujas casas serão erguidas no bairro Sítio Piranhenga; e José Chagas, com unidades na Ilhinha. As áreas do entorno dos conjuntos terão espaços destinados para empreendimentos diversos em áreas como saúde, educação e cultura.

“Com essa obra, o governador torna possível o trabalho a centenas de trabalhadores que estarão construindo o empreendimento. Isso faz com que os empregos sejam mantidos e neste momento de crise é muito significativo”, avaliou a secretária de Estado das Cidades e Desenvolvimento Social (Secid), Flávia Alexandrina.

Para o pedreiro Gilberto Ferreira, as obras possibilitarão a abertura de postos de trabalho e a manutenção de outros negócios nas áreas atendidas. “É muito importante essa oportunidade em um momento onde muitas pessoas estão desempregadas”, disse ele, que vai trabalhar na construção do Residencial Jomar Moraes. As obras devem gerar 1,2 mil postos de empregos e a previsão de entrega é de 18 meses.

Mais Asfalto e Oportunidades

O secretário Clayton Noleto relata que, diante da importância e impacto social do ‘Mais Asfalto’ – que já alcançou mais de 1.800 ruas em cerca de 90 bairros da capital –, este se configura como um dos programas mais valorosos da atual gestão. “Este programa contribui de forma muito marcante para gerar mais emprego e renda, estimulando o comércio. O programa também gera emprego direto, já que temos muitos trabalhadores”, defendeu.

É o caso de Ailton Pereira, 50 anos, que estava há algum tempo a procura de emprego, e, agora, está trabalhando no Programa, garantindo o sustento da família. “Eu estava desempregado há um ano. Agora sou vigia das máquinas nas obras do ‘Mais Asfalto’”, comemorou ele, ratificando que a iniciativa também serve para estimular a geração de emprego.


Oportunidades de trabalho

A nova, moderna e equipada Agência do Serviço Nacional de Emprego – Sine, localizada na Rua do Sol, concentra inúmeras oportunidades de empregos em diversas áreas e está à disposição dos ludovicenses. A agência agregou mais serviços e teve o horário de funcionamento ampliado para facilitar a solução das demandas dos trabalhadores.

O atual prédio mais amplo possui 20 guichês de atendimento – cinco a mais que o antigo – e mais quatro guichês de autoatendimento – que não existiam na antiga sede. Além de ficar sabendo das vagas de trabalho disponíveis, o usuário pode se cadastrar para emissão da carteira de trabalho, fazer solicitação do Seguro Desemprego e visualizar as vagas de emprego disponíveis no sistema.

O usuário poderá ainda acessar os serviços do Sine de maneira mais ágil e por meio de moderno sistema de tecnologia todo em fibra óptica. Este moderno programa aumenta consideravelmente a qualidade e rapidez da internet, sendo também mais seguro. Esta agência é a primeira da capital a funcionar com este moderno sistema tecnológico. O horário de atendimento aumentou em mais quatro horas, passando agora a atender das 8h às 17 horas.

Sandra Viana
Publicidade