Governo pede reforço de tropas federais

Publicidade
O governador do Maranhão solicitou, nesta quinta-feira (29), ao governo federal, o envio de tropas federais para reforçar a segurança no estado durante o período eleitoral. Já há 7.500 policiais militares escalados para garantir a lisura do pleito nos 217 municípios maranhenses.
Reforço das tropas federais para as eleições municipais. Foto: Em Tempo
Desde hoje, as forças de segurança do estado também já contam com o apoio das Forças Armadas, que estão no estado. O pedido feito pelo governador Flávio Dino tem o sentido de reforçar ainda mais a paz durante o período eleitoral. “Diante da súbita mobilização de facções criminosas visando tumultuar as eleições em São Luís, solicitamos o suporte federal para a Ilha”, anunciou Dino.

Operação ‘Eleições 2016’

Com a Operação ‘Eleições 2016’, houve aumento no efetivo policial por meio de parceria entre as polícias Civil, Militar e o Exército Brasileiro, além da convocação de militares lotados em cargos administrativos e oficias que estariam de folga para cumprir jornada extra operacional remunerada. A Operação ‘Eleições 2016’ foi deflagrada ainda no período pré-eleitoral, apurando denúncias de compra de voto, pistolagem e agiotagem nos municípios.

O aumento do efetivo policial nas ruas é garantido por meio da convocação de oficiais (tenentes, capitães, majores e coronéis) e praças (soldados, cabos, sargentos e subtenentes), incluindo militares de funções administrativas e aqueles que estariam de férias, para reforço do contingente policial que deverá atuar nas ruas no dia de votação. “O efetivo escalado para operar no período de votação irá garantir eleições limpas sem prejuízo ao patrulhamento policial realizado normalmente”, disse coronel Pereira. “A população pode se tranquilizar, porque estará protegida”.
Publicidade

Publicidade