Imperatriz perde eleitores, menos escolarizados são maioria no MA

Publicidade
No primeiro domingo de outubro, 02, acontece a eleição para prefeitos e vereadores em todo o País. No Maranhão, São Luís é o município com maior eleitorado, exatos 659.779 votantes e Imperatriz é o segundo com 151.858. Na terceira posição aparece São José de Ribamar com 92.420.

Nestes três municípios, quem tem mais poder de fogo quando o quesito é escolaridade são aqueles que possuem o ensino médio completo, na capital eles representam 42,72%. Em Ribamar são 39,98% e na Terra fundada pelo Frei Manoel Procópio,  33,66%. Quem tem menos influência são os analfabetos,eles somam 3,12%; 2,42% e 1.09%; em Imperatriz, Ribamar e São Luís, respectivamente.

Em relação a eleição estadual de 2014, ainda sem biometria, Imperatriz foi a única das três que perdeu eleitores, tinha 164.503 aptos para a urna. A Atenas Brasileira cresceu pois há dois anos seu eleitorado era de 619.682. E onde reina o Peixe Pedra, 80.943.

O Maranhão tem 4.611.247 pessoas habilitadas para o voto. 51% são mulheres e 49% do sexo masculino. Nos seus 217 municípios, 2.091.758 são com biometria, sistema a prova de fraude. 2.519.489, ou seja, a maioria, será no velho sistema que permite a membros da mesa, na falta de fiscalização, a votarem no lugar dos faltantes.

No Maranhão, analfabetos, quem lê e escreve e quem tem ensino fundamental incompleto somam mais da metade de todo o eleitorado. Mais, aquiFonte: TSE
Mas, um perigo ronda estas eleições. A impressão do voto. Nas pequenas cidades, pode funcionar como o voto aberto, onde os caciques locais podem identificar como seu suposto curral se comportou diante da urna.

Redação

Nota do editor da Aldeia: Todos os números apresentados acima foram fornecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Publicidade

Publicidade