Mutirão de combate ao Aedes aegypti no Cohatrac

Publicidade
Para intensificar o combate ao mosquito Aedes aegypti, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), realizou um grande mutirão na região do Cohatrac e Residencial Primavera nesta sexta-feira (1º). A área é prioridade pelo alto índice de notificações de dengue, zika vírus e febre chikungunya.
Agentes caçam mosquito em São Luís
Agentes caçam mosquito em São Luís. Foto: Maurício Alexandre
Cerca de 350 agentes comunitários de saúde e agentes de endemias estiveram durante toda a manhã realizando visitas às residências, vistoria a possíveis focos de infestação, aplicação de larvicida e ação educativa com a população. Tanques e reservatórios de água foram medidos e avaliados; e os moradores foram orientados a eliminar e prevenir a formação de focos. Na ocasião, também houve a coleta de 'bagulho volumoso' – lixo e resíduos diversos.

Para a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a parceria entre a população e a Prefeitura é a maior arma contra o Aedes aegypti. "Os dados mostram que 94% dos focos do mosquito estão dentro das casas, em depósitos, tanques e caixas de água, por isso o trabalho dos agentes na conscientização das pessoas é de extrema importância. Depois de sensibilizados esperamos que todos tomem os cuidados devidos para não deixar água parada", afirmou ela.


A moradora Luzinete Santos Barros recebeu a visita do agente e disse que é aliada da Prefeitura no combate ao mosquito. "Aqui em casa temos muito cuidado com água parada. Meu neto de seis anos observa todo local onde pode acumular água e sempre está nos lembrando do mosquito. Ficarmos vigilantes é uma forma de nos prevenirmos dessa doença tão séria", relatou.

Ações estratégicas

O trabalho começou desde a segunda-feira (28) com as equipes da nebulização espacial (fumacê) e dos pontos estratégicos realizando ações para eliminar larvas e mosquitos adultos. Foram vistoriados prédios públicos, ferros velhos e borracharias e cemitérios.

Nesta sexta-feira (1º), os agentes foram ao cemitério do Turu, onde fizeram inspeção e orientaram a equipe administrativa e os coveiros para ajudar na identificação de focos, concluindo o trabalho com a borrifação do local.

Agência São Luís
Publicidade