Lula toma posse. Dilma e o povo não são bobos...

Publicidade

Dilma fez História! Não vai ter Golpe!

Dilma desmontou fraude de Moro com Globo

A presidenta Dilma Rousseff deu posse hoje (17) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como novo ministro-chefe da Casa Civil. Em seu discurso, Dilma exaltou as qualidades de Lula como líder político e criticou a divulgação dos áudios do ex-presidente pelo juiz Sergio Moro.

"Nós estamos, sim, diante de um fato grave. Uma agressão não à minha pessoa, mas à cidadania. Eu tenho defendido a liberdade de expressão e de manifestação. Eu tenho defendido e sempre defenderei a busca da verdade e os princípios necessários para construir cada vez mais um país livre da corrupção. Quero deixar claro que isso não me fará recuar diante da exigência da mais absoluta apuração dos fatos ocorridos ontem. Convulsionar a sociedade brasileira em cima de métodos escusos viola os direitos dos cidadãos e abre precedentes gravíssimos", ponderou a presidenta.

Durante seu discurso, Dilma exibiu o termo de posse sem a própria assinatura. A presidenta explicou que o documento seria usado caso Lula não pudesse comparecer ao evento de posse, por conta de uma enfermidade de Dona Marisa.
Ao fundo, o povo não é bobo, abaixo ... Foto: Roberto Stuckert Filho, PR
"A Justiça e o combate à corrupção é sempre mais forte e digno quanto mais seus agentes agirem com retidão, celeridade e discrição. Não há Justiça quando delações são tornadas públicas. O Brasil não pode se tornar submisso a uma conjuração que invade as prerrogativas constitucionais da Presidência da República. O que farão com as prerrogativas dos cidadãos?", questionou a presidenta.

Dilma ressaltou a parceria histórica com Lula, que ela considera ser o maior líder político do Brasil. “As dificuldades, muitas vezes, costumam criar oportunidades. As circunstâncias atuais me dão a magnífica chance de trazer para o governo o maior líder político desse país”, explicou.

A plateia presente no Salão Nobre do Palácio do Planalto não poupou a Rede Globo, a primeira a vazar as conversas gravadas de Lula, na noite de ontem. O discurso da presidenta foi interrompido diversas vezes com palavras de ordem e gritos de “Ole, ole, ole, olá, Lulá, Lulá”, “O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo”, “A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura”.

Além de Lula, Dilma também deu posse a Jaques Wagner como ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República e a Eugênio José Guilherme de Aragão, como novo ministro da Justiça.

Conversa Afiada
Publicidade