Carlos Alberto entrega Código de Conduta da AL

Publicidade
Agência Assembleia

São Luís, MA. O diretor de Comunicação da Assembleia, o publicitário Carlos Alberto Ferreira, entregou, nesta quarta-feira (4), ao presidente do Comitê de Imprensa da Casa, o jornalista Jorge Vieira, o Código de Conduta dos Profissionais de Comunicação da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão.

A entrega simbólica do documento aconteceu durante a solenidade de comemoração dos 180 anos da Assembleia Legislativa, idealizada para homenagear os deputados, ex-deputadas e todos que contribuíram para o sucesso do Legislativo Estadual.

Carlos Alberto
Diretor de Comunicação, Carlos Alberto entrega código de conduta a Jorge Vieira
Ao entregar o documento, o diretor Carlos Alberto disse que o Código de Conduta foi compilado com parte do Estatuto dos Servidores da Assembleia Legislativa e com parte do Código de Ética da Federação Nacional das Assembleias Legislativas (Fenale).

O diretor Carlos Alberto Ferreira disse que Código de Conduta foi elaborado para orientar os profissionais de comunicação que trabalham na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, acerca de como devem trabalhar no poder Legislativo Estadual.

Nova Postura

O jornalista Ribamar Santana - responsável pela elaboração do documento - esclareceu que o Código e Postura foi feito por orientação do diretor Carlos Alberto, atendendo um anseio dos próprios profissionais que trabalham no setor.

Ribamar Santana lembrou que os jornalistas têm um Código de Ética aprovado pelo Congresso Nacional, que deve ser obedecido. “Nós jornalistas também somos submetidos ao Estatuto dos Servidores Públicos, que estabelece deveres para a categoria”, disse.

Para o presidente do Comitê de Imprensa, o Código de Postura é fundamental para os profissionais que cobrem as atividades da Casa, pois ensina a conduta dos jornalistas no Parlamento Estadual.

Jorge Vieira elogiou o Código, cujo conteúdo contempla o Código de Ética dos Jornalistas, na parte referente aos deveres dos servidores estaduais dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, estabelecidos no Estatuto dos Servidores Públicos do Maranhão.
Publicidade