JEMs tem participação de 30 municípios com menor IDH

Publicidade

Entrevista – Secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim


O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, concedeu entrevista em que destacou a importância dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) como vetor de desenvolvimento social.

Ele elencou as novidades da 43ª edição dos JEMs que pretende ter número recorde de municípios inscritos e participação de atletas e professores de esporte dos 30 municípios de menor IDH que além da competição vão ter a oportunidade de participar de cursos de capacitação.

Para Márcio Jardim, o planejamento dos JEMs deste ano com maior participação, integração e logística adequada para receber os estudantes em São Luís, demonstra que o governo do Estado tem compromisso com a concepção de política pública de esporte.

Além disso, o secretário reforça o empenho do governador Flávio Dino no fomento ao esporte maranhense ao garantir a contrapartida de 100% para o esporte, em relação aos investimentos federais.

Márcio Jardim
Entrevista – Secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim

De que forma o governo do Estado através da Sedel acredita que os JEMs podem ser um vetor de desenvolvimento social?
O esporte, enquanto instrumento de desenvolvimento, oferece um ponto de equilíbrio social, promovendo a convivência e integração entre os diferentes níveis sociais e econômicos. Os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) estão entre os maiores do Brasil e este ano chegamos à 43ª edição. É um evento que fez parte da formação esportiva de várias gerações. E o governo Flávio Dino tem compromisso, por princípio, com essa concepção de política pública de esporte que desenvolveremos através dos JEMs.

Nas edições anteriores, os jogos estavam concentrados mais na região metropolitana, haverá mudanças nesse sentido para integrar todo o estado de fato?
O objetivo do governador Flávio Dino é aumentar o número de municípios participantes nos JEMs, estimulando especialmente os 30 municípios de menor IDH, para que todos tenham a oportunidade de participar da competição, uma vez que apenas três desses municípios já participaram dos jogos. Água Doce do Maranhão e Santa Filomena, por exemplo, participarão pela primeira vez da competição, a Sedel também está visando melhorar a qualidade dos jogos, oferecendo logística mais adequada para receber os estudantes aqui em São Luís, na etapa estadual. Já estamos inclusive oferecendo cursos de capacitação para os professores de esporte dos municípios de menor IDH, estabelecendo uma parceria com eles, visando maior participação nos jogos.

Que outras novidades teremos nesta edição dos JEMs?
Em 2015 pretendemos resgatar a abertura dos JEMs, que há alguns anos não é realizada, contando com a participação do governador Flávio Dino, que quando estudante também teve participação nos jogos escolares. Estamos planejando ainda a valorização da cultura maranhense, com realização de noites culturais e atividades de lazer que vão gerar interação entre os atletas de todo o estado, promovendo o esporte e lazer. Os jogos escolares desse novo momento político que vivemos no Maranhão serão de maior participação e integração.

Como está sendo planejada toda a logística dos Jogos para este ano?
Esse planejamento se iniciou com a realização do Encontro Estadual de Secretários e Gestores Municipais do Esporte e Lazer, quando foi repassado aos gestores municipais todo o cronograma de realização dos jogos, permitindo que cada município se adeque à proposta dos JEMs 2015. Uma das medidas para facilitar isso será o aumento do número de etapas regionais, que vai facilitar a locomoção de alguns municípios, diminuindo gastos. Já foi iniciado o diálogo também com as federações e diretores de escola, a fim de consolidar a divulgação do calendário da competição. Além disso, todo o planejamento dos jogos já está disponível no site desde o mês de janeiro, com os documentos necessários à adesão aos JEMs.

E como os municípios farão suas inscrições?
O prazo de adesão aos JEMs encerra no próximo dia 13 de março. municípios e instituições de ensino devem acessar o site da Sedel (www.esporteelazer.ma.gov.br), fazer o download dos documentos de adesão e entregá-los na secretaria, até essa data. A expectativa da Sedel é ultrapassar o número de municípios que participaram dos jogos no ano passado.

Que outros projetos federais, estaduais ou parcerias estão sendo desenvolvidos no sentido de valorizar o esporte maranhense e incentivar entre os jovens a prática esportiva?
A visita do ministro do esporte George Hilton a São Luís fortaleceu a parceria com o governo federal, que anunciou a revitalização do parque aquático do Complexo do Canhoteiro. O governador Flávio Dino também mostrou empenho no fomento ao esporte maranhense, garantindo a contrapartida de 100% para o esporte, em relação aos investimentos federais. Nossa política tem total alinhamento com as políticas do governo da presidenta Dilma para o esporte e vamos buscar implementar aqui os programas do Ministério do Esporte. Além disso, é importante ressaltar que temos feito o diálogo e parceria com as federações amadoras e entidades clubistas, que também colaboram para o fortalecimento do desporto e lazer.
Publicidade

Publicidade