Documentos: Roubavam no PI e vendiam no MA

Publicidade
Efrém Ribeiro, Meio Norte

Teresina, PI. Documentos roubados do Posto do Detran no Dirceu foram utilizados para legalizar carros roubados em Teresina e vendidos no Maranhão, diz Riedel Batista

O delegado geral da Polícia Civil, Riedel Batista, disse que em 2014 a Polinter (Polícia Interestadual) registrou um número considerável de furtos e roubos de veículos em Teresina.

“Neste ano, nós intensificamos o combate a esses crimes, que são intermediários, meio de outros crimes, como homicídios, tráfico de drogas e outros. Então, foi deflagrado a operação com o objetivo de desarticular as pessoas envolvidas em atividades criminosas de roubo, furto e receptação de carros”, afirmou Riedel Batista.

Ele declarou que os carros roubados em Teresina são vendidos no Maranhão. Por isso, a Delegacia Geral fez parceria com as Polícias Civil, Rodoviária Federal e Militar do Maranhão para identificar veículos do Piauí que foram roubados e que foram vendidos no vizinho Estado do Maranhão.

“Os veículos apreendidos são de diversas marcas de padrão médio para alto. São várias pessoas que atuam em receptação dos carros, alguns em conjunto e outros em separado. São carros levados de Teresina para o Maranhão. São carros vendidos para muitos municípios do Maranhão. Fizemos operação em Caxias, Codó e em Timon, mas ao longo de 2015 vamos fazer novas operações para identificar os veículos roubados e prender as pessoas envolvidas”, falou Riedel Batista.

As quadrilhas fraudam e alteram o chassis, as placas, os vidros, os números dos motores e vendem os veículos com documentos legalizados que foram roubados do Detran no Piauí.

“A gente identifica tanta a parte veicular como os documentos. Os documentos são adulterados, roubados ou furtados no Maranhão e do Piauí. Nós investigamos os documentos que foram subtraídos no Piauí. São documentos de uma ocorrência no conjunto Dirceu, em Teresina, quando o Posto do Detran foi roubado e levaram muitos documentos em branco. Estamos de posse da numeração desses documentos. Tem carros roubados e recuperados que já usaram os documentos roubados no Detran”, falou o delegado Riedel Batista.
Publicidade