MV/Cemar perde de 3x0 para Molico/Osasco

Publicidade
ESPN e Gazeta Press

Uma das equipes favoritas ao título, o Molico/Osasco estreou com o pé direito nesta terça-feira na Superliga feminina de vôlei. Atuando fora de casa, no ginásio Castelinho, em São Luis, a equipe da Grande São Paulo derrotou o Maranhão/Cemar por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/21 e 25/18.

Volei
Maranhão Volei/Cemar deu vexame no ginásio Castelinho ontem à noite
O destaque do time paulista no duelo foi a cubana Kenia Carcaces, eleita melhor jogadora da partida, além de ser a maior pontuadora, com 14.

Na próxima sexta-feira, o Molico/Osasco volta à quadra pela Superliga, enfrentando o Rio do Sul, no Ginásio José Liberatti, em Osasco. No mesmo dia, o Maranhão/Cemar visita o Sesi, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo.

O jogo

O Molico/Osasco começou focado e teve domínio do primeiro set até a metade da parcial, mas permitiu a reação do Maranhão, que encostou no marcador. Apesar disso, as paulistas venceram a etapa graças a um ponto de Thaisa, fechando com 25/23.

Com tônica semelhante à etapa inicial, o segundo set foi dominado pelo time de Osasco, que chegou a impor o placar de 17/10, mas que deixou o Maranhão encostar em 17/16. Luizomar parou o jogo e ajustou sua equipe, que se recuperou e venceu a parcial por 25/21.

O terceiro set foi o que menos exigiu do Molico/Osasco no duelo. Na frente desde o começo, o time de Luizomar de Moura teve um bloqueio eficiente contra as maranhenses e fechou a partida ao triunfar por 25/18.
Publicidade