Acordo põe fim a greve dos professores

Publicidade
Gil Carvalho

Davinópolis, MA. Em audiência realizada na tarde dessa quarta-feira (3) na Vara da Fazenda Pública, da comarca de Imperatriz, o juiz Joaquim da Silva Filho, e o promotor de Justiça, Jadilson Cerqueira, intermediaram o fim da greve dos professores da cidade de Davinópolis.

Participaram da reunião o prefeito Ivanildo Paiva; os secretário Antônio Ricardino (Educação); Ires Carvalho (Administração); Gessivaldo Cavalcante (Gabinete); Elias Santos (Procurador Jurídico); e os advogados Demóstenes e Ronadre Mota e a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Davinópolis (Sinted), Raimunda Santos.

No acordo, ficou mantido o reajuste de 6,5% para os 60%, de acordo com Lei aprovada na Câmara Municipal; acréscimo de 1,5% do vale alimentação, ficando em 6,5% para todos os servidores municipais, e ainda, meio por cento a mais para incentivo funcional dos 40%, totalizando 7,5% de incentivo.

“Nós comprovamos a real situação financeira do município, sendo possível conceder o reajuste de 6,5% aos servidores da educação de Davinópolis”, explicou o prefeito Ivanildo Paiva.

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Davinópólis, Gessivaldo Cavalcante, informou ainda à reportagem que o retorno das aulas está previsto para essa sexta-feira, dia 5.
Publicidade

Publicidade