Adversários de Flávio Dino retornam a carga

Publicidade
A notícia é velha, é datada de 2008 e está no Imirante. A internet tem a vantagem de olhar para o passado com a mesma velocidade que se imagina o futuro.

MPF pede cassação de Jackson Lago

Tem três partes essenciais o relatório do vice-procurador-geral eleitoral Francisco Xavier Pinheiro Filho. Ele emite Parecer favorável à cassação do governador Jackson Lago (PDT), e do seu vice, Luiz Carlos Porto (PPS), e à diplomação da senadora Roseana Sarney (PMDB).

O que se seguiu, os honestos Jackson Lago e Pastor Porto foram cassados e seus mandatos surrupiados.

Por isso mesmo, como lembra o governador Flávio Dino, é preciso separar o joio do trigo.

E ainda como dizem os portugueses, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Uma coisa é Michel Temer e Rocha Loures, outra coisa é Márcio Jerry e Simone Limeira.

Porém, o que espanta é o erro grosseiro. Podem acusar Jackson Lago e Márcio Jerry de tudo. Porém, de corrupção chega a ser crime de lesa-pátria, basta ver o patrimônio de ambos.

A tragédia aconteceu, Jackson e Porto foram cassados. É chegada a hora da farsa...

E detratores ainda questionam que o "inquérito está parado" na Polícia Civil, como se a ordem de apuração do judiciário fosse confundida com a ordem de produzir convicções a quaisquer custos, sem encontrar prova alguma.

Como dizemos por aqui, compre-me um bode!

Frederico Luiz
Publicidade