Carlos Gaby destaca os peixes, autoexílio e amornado

Publicidade

E o Mercado do Peixe, deputado?

O deputado estadual Léo Cunha (PSC) subiu novamente à tribuna durante sessão plenária na última quinta-feira (23), onde solicitou ao ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca, Blairo Maggi, a instalação de uma unidade de beneficiamento de pescado (Frigorífico de Peixe), na cidade de Imperatriz, segundo maior município do estado. A indicação de número 098/17 foi publicada no dia 14 de fevereiro no Diário da Assembléia.

O parlamentar afirmou que o motivo da implantação se dá por conta do crescimento e expansão dos produtores de peixes em cativeiro (piscicultores) em Imperatriz e outras localidades no sudoeste do Maranhão. A produção abastece a maioria dos municípios de Região Tocantina, além de cidades nos estados vizinhos do Tocantins e Pará. “Encaminhei esse pedido para o ministro, pois essa necessidade dos municípios da Região Tocantina por conta da estrutura de produção e que apresenta um mercado favorável”, explicou.

A instalação de um frigorífico de peixe será de grande valia aos produtores que passarão a contar com um local adequado para beneficiamento da produção e, consequentemente, possibilitar agregar valor ao produto final. Além disso, a instalação da unidade vai oferecer mais qualidade ao consumidor com variados tipos de peixes, com embalagens higiênicas e certificados de controle e sanidade animal.

“A Região Tocantina é responsável por boa parte da produção pesqueira em cativeiro do estado. Um tipo de atividade que vem crescendo ao longo dos anos e profissionalizando-se. Produtores de baixa e média renda sobrevivem desse tipo de trabalho e possibilitam uma rede de geração de emprego e renda”, afirmou o deputado.

Passou batido
Pouca repercussão da nomeação do Pastor Porto [Foto em destaque, (C), ao lado de Clayton Noleto (E) e Flávio Dino] para ocupar cargo no Governo do Estado.

Nem quente, nem frio.

Autoexílio
Ex-candidata a prefeita, a odontóloga Rosângela Curado dá um tempo na política para cuidar de seu próximo empreendimento profissional.

Está apenas prestando assessoria a alguns municípios, quando solicitada, na área da saúde.

Por um fio
Os sobressaltos nas últimas chefias do Detran em Imperatriz podem resultar em choque de gestão.


Clique e acesse a edição impressa (PDF)
Publicidade

Publicidade