Exposições retratam cores e natureza na Galeria Trapiche

Publicidade
Carolina Nahuz

São Luís, MA. A Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, está com duas exposições em cartaz até o final deste mês. Os artistas Beto Lima e Dullcy Demarzul dividem o salão da Galeria com obras em tela que retratam paisagens, natureza e formas abstratas.

Na mostra “Cores e Luzes”, exposição de Beto Lima, as imagens de pescadores ganham destaque. Ao todo, são 31 pinturas em óleo sobre tela que apresentam cenários bucólicos e litorâneos, como a vista do Convento das Mercês e rios da cidade.

A técnica de Beto aparece nos quadros como força intempestiva, a tinta espatulada na tela com movimentos que lembram a força das marés. O resultado são quadros em cores vibrantes e telas que fazem parte do imaginário do artista pescador.

Quadro de Beto Lima
Pescadores ganham destaque na exposição 'Cores e Luzes' de Beto Lima
Natural da cidade de Araioses, antes de trabalhar com pinceis e tintas, Beto sobrevivia da rede de pescar. Ele chegou a São Luís em 1978 e trabalhou em uma loja de molduras onde teve contato com pintores. Primeiro, emoldurou quadros e depois, de maneira autodidata, experimentou a mistura de tintas como forma de expressão artística.

“Na loja, eu conheci vários artistas, como Maclaer, Floriano Teixeira, Mário Mendonça, e, observando o trabalho deles, fui criando uma curiosidade minha. Vendo a forma de espatular a tinta nas telas, passei a desenvolver meu trabalho”, explicou.

Sua primeira exposição individual aconteceu em 2004, na Galeria Ambrósio Amorim, no Hotel Colonial. Beto Lima recebeu premiações em outras áreas, como o Concurso Literário Cidade de São Luís, em 2006, e o Prêmio Márcia Sandes, promovido pelo Ministério Público do Maranhão, em 2007.

Arte abstrata

Flores, formas abstratas, elementos geométricos e imagens da natureza compõem a exposição “Tom e Vida”, da artista Dullcy Demarzul. São 31 pinturas em óleo sobre tela e também algumas esculturas, como garrafas decorativas. As obras reúnem trabalhos feitos ao longo da carreira da artista. “Sou de uma família de artesãos. Desde os sete anos de idade que trabalho com arte”, disse Demarzul.

Quadro de Dullcy Demarzul
Dullcy Demarzul encanta com formas abstratas, elementos geométricos e natureza
Ela começou a incursão pelo mundo das artes produzindo esculturas. Os diversos trabalhos produzidos ao longo da carreira já foram expostos em galerias como a da Biblioteca Pública Benedito Leite, da Aliança Francesa e da Pizzaria Maggiorasca. “Meu maior professor é Jeová. Mas minha arte é minha expressão individual”, concluiu.

O trabalho de Dullcy Demarzul e as obras de Beto Lima estão em cartaz até o final do mês na Galeria Trapiche, na Avenida Vitorino Freire, em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande, de segunda a sábado, das 9h às 19h, com entrada gratuita.


Publicidade

Publicidade