Eduardo Azeredo escapa novamente da prisão

Publicidade
O ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) teve recurso negado nesta terça (24) pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Como a decisão de segunda instância ainda não pôde ser confirmada, o ex-presidente nacional do PSDB pode ter melhor sorte melhor que o ex-presidente Lula.

A Quinta Turma do TJ de Minas rejeitou o recurso de Azeredo por 3 votos a 2, entretanto, por não ter sido um resultado unânime, o ex-governador poderá pedir um novo julgamento num colegiado ampliado (embargos infringentes).

Publicamos:
# JUSDH DENUNCIA INFLUÊNCIA DE EMPRESAS NA JUSTIÇA
# E AGORA JOSÉ? ANTES ELE DO QUE...
# MARCO AURÉLIO INDICA E ADALBERTO FRANKLIN É NOME DE MUSEU


No julgamento dos recursos de Lula pela 8ª Turma do TRF4, de Porto Alegre, por exemplo, a condenação do ex-presidente a 12 anos e um mês em regime fechado foi mantida por unanimidade dos desembargadores. Por isso a antecipação da pena foi mais célere.

Eduardo Azeredo está sendo julgado pelo desvio de dinheiro (peculato) e lavagem de dinheiro. Ele foi condenado a 20 anos e 1 mês de prisão, porém, será mais fácil um saci cruzar as pernas que o tucano cumprir a pena por motivos óbvios.

Segundo denúncia, Eduardo Azeredo Azeredo é acusado de desviar R$ 3,5 milhões para a sua campanha em 1998 da Companhia Mineradora de Minas Gerais (Comig), da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e do Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge).

Esmael Moraes
Advertisemen