Intervenção no Rio mascara crise maior

Publicidade
Conforme informa Viomundo, "Meirelles que cortar gastos sociais para dar às Forças Armadas; elas serão desmoralizadas, alerta Requião; veja o vídeo".

Mais uma manobra do governo federal para tentar ganhar um mínimo de popularidade e ter de conviver com a iminente privação de liberdade do líder disparado das pesquisas de intenções de voto na eleição presidencial deste ano, Luiz Inácio Lula da Silva.

Alckmin e Bolsonaro patinam nas pesquisas de opinião.

Ciro e Marina continuam com boa pontuação.

A direita pira. Para o The Guardian, Temer pretende ganhar dividendos eleitorais assim como Sérgio Cabral e suas UPPs.

Ouça:




Frederico Luiz

Advertisemen