Caso Lula: Flávio Dino desmonta argumentos do TRF-4

Publicidade
Ex-juiz federal, Flávio Dino é um jurista renomado. Enquanto seus colegas governadores de esquerda são atacados sem direito de resposta, desregulado junto com o fim da censura, o governador do Maranhão do PCdoB consegue direito de resposta em jornal impresso, como foi o caso de O Estado do Maranhão.

Deixou a magistratura e tornou-se deputado federal antes de ser eleito governador do Maranhão e desbancar o grupo que elegeu sucessivos governadores durante quase meio século. O estado ficou conhecido nacionalmente como a Terra de Sarney.

Antes, Jackson Lago em 2008, havia derrotado Roseana, mas seu mandato foi incompleto porque o TSE cassou o registro de sua candidatura em abril de 2009 no episódio classificado por Edson Vidigal de "Golpe Judiciário".

Tentaram fazer o mesmo com Flávio Dino. Porém, o resultado foi a vaca no brejo.

Nesta entrevista extraída da página Viomundo, o governador destaca as aberrações jurídicas cometidas em Porto Alegre, no TRF-4 (Tribunal de Tecursos Federal da Quarta Região) contra o ex-presidente Lula. Quem tiver ouvidos, ouça:



Advertisemen