-->

Mais promessas: governo diz que vai construir 10 presídios

Publicidade
Frederico Luiz

É Natal. O ano novo está próximo. Então, é data do governo do Maranhão renovar suas promessas. De novamente tentar ludibriar e apostar na boa fé da nossa gente.

Agora, promete-se dez presídios em seis meses. Pronto, com mais uma, digo, mais dez promessas tenta-se acabar com as mortes no sistema prisional que somente este ano ultrapassou a casa das sessenta.

Pedrinhas por dentro e por fora:
PedrinhasPedrinhas

Foi assim quando fizeram, em 2010, as 72 promessas de setenta e dois hospitais. Era a redenção da saúde. Somete o terço do rosário de hospitais foi inaugurado. Porém, sequer dispõe de médicos ou equipamentos.

Este ano, o programa Mais Promessas incorporou que todos os municípios do estado estariam interligados por asfalto. Mais uma promessa sem jeito como diria João Grilo, personagem de O Auto da Compadecida. Alto Parnaíba-Balsas (MA 006), a placa caiu. São João do Caru-Bom Jardim (MA 318), nem as placas.

Veja a quantas anda a promessa de terminar o único presídio em construção no estado:
2010 - Celas do novo presídio de Imperatriz não tem banheiro
2011 - Em Imperatriz-MA, União liberou a verba mas Estado atrasa obra do presídio
2012 - Câmara debateu crise no sistema carcerário em Imperatriz
2013 - Escândalo: governo do MA devolve R$20 milhões para presídios

No período de Natal é assim. De uma hora para outra renasce a vontade de acreditar em papai noel, duendes e renas voadoras. E assim, é hora de mais uma ação do Programa Mais Promessas, coordenado pela governadora que no próximo ano completará 14 anos à frente do Palácio dos Leões, dos últimos 20 anos da nossa história.

Dez novas unidades prisionais serão entregues em seis meses


Gildean Farias, O Imparcial

Dez novas unidades prisionais serão entregues até o meio do ano que vem no Maranhão. A informação é do secretário-adjunto de Justiça e Administração Penitenciária, Kécio Rabelo. O secretário falou com a reportagem de O Imparcial e assegurou que o problema da superlotação no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, será solucionado com a entrega das unidades.

Direto da Aldeia Global publicou sobre crise no Sistema Penitenciário do MA:
CNJ desmente governo do MA sobre mortes em Pedrinhas
Líderes de facção estupram mulheres de presos em Pedrinhas
Sistema penitenciário do Maranhão é o pior do Brasil, constata CNMP

De acordo com o secretário, a construção de quatro dos novos presídios já foi iniciada e os outros seis começarão a ser erguidos ainda no mês de janeiro. Com a construção de todas as novas unidades, segundo Rabelo, serão abertas mais de 2 mil vagas no Sistema Penitenciário, além de possibilitar a otimização do processo do cumprimento de penas em todo o estado.

Leia também:
Exclusivo: Tentaram trocar, hoje, a governadora do Maranhão

“Com os novos presídios em pontos estratégicos do estado, poderemos regionalizar o processo prisional, e favorecer que os presos cumpram suas penas perto das suas famílias”, comentou.

Kécio Rabelo detalhou ainda o modelo das unidades prisionais que estão sendo ou começarão a ser construídas. Segundo ele, serão presídios com capacidade para receber de 150 a 200 detentos e serão entregues com mobília completa e devidamente equipados para que os detentos cumpram suas penas com segurança.
Advertisemen