Barreirinhas: Albérico Filho é o mais rejeitado, Leo Costa vence simulação de confronto direto

Publicidade
Frederico Luiz

O segundo turno no sistema eleitoral é uma invenção francesa e o conceito é simples. No primeiro turno, o eleitorado escolhe e no segundo, rejeita.

A legislação brasileira permite os dois turnos, apenas, em cidades com mais de 200 mil eleitores. No entanto, nos municípios com número abaixo do estipulado pela lei, um segundo turno 'invisível' acontece perto do dia da votação.

Percebendo que seu candidato está sem chances de vencer as eleições, quem vota nos terceiros colocados numa eleição polarizada tende a decidir pela candidatura com menor rejeição.

Em Barreirinhas-MA, polo turístico do Maranhão, a eleição para prefeito em sete de outubro parece caminhar para esse segundo turno invisível.

No dia 31 de agosto, o Blogue publicou os números de Perfil Pesquisas para a sucessão municipal que indica empate voto-a-voto naquela cidade. Albérico Filho (PMDB) tem 24,6% das intenções de votos na consulta espontânea e 32, 4% na versão estimulada enquanto Leo Costa segue com 24,2% e 32,2%.

Se a eleição fosse hoje, os eleitores do 3º colocado, Dr. Baial (PPS), decidiriam os runos da eleição. A pesquisa simulou confrontos diretos, onde Leo Costa leva larga vantagem e aferiu a rejeição dos candidatos.





Registro
A pesquisa está registrada no TRE-MA com o número 130/2012 em 26/08/2012. Hoje é a data prevista para divulgação. Foram ouvidas 460 pessoas entre os dias 24 e 26 de agosto. Foi contratada pelo Diretório Municipal do PDT em Barreirinhas e a Estatística responsável é Vera Lúcia Candiani.

Veja em arquivo (PDF), a cópia do questionário e também o Plano Amostral. Mais sobre o registro no TRE-MA, aqui.
Advertisemen