-->

Flávio Dino reafirma compromisso com o fortalecimento da agricultura familiar

Publicidade
Dirigentes da Fetaema e Flávio Dino
Ao participar da plenária da Federação dos Agricultores do Estado do Maranhão (Fetaema), na manhã desta segunda-feira, o candidato ao governo do estado, Flávio Dino, reafirmou o seu compromisso com o fortalecimento da agricultura familiar. Flávio ouviu atentamente as reivindicações da entidade e disse que seu governo terá total compromisso com as propostas debatidas.

De acordo com números do IBGE, apresentados pelo presidente da Fetaema, Chico Sales, 86% dos que moram no campo vivem da agricultura familiar. Acrescentou, ainda, que a atividade representa 10% do PIB rural do estado. Entretanto, o poder público, segundo Sales, não tem dado o devido apoio aos agricultores. O atual governo, por exemplo, reduziu de forma drástica o orçamento para o setor. Na proposta orçamentária para este ano, segundo Sales, o corte para o setor foi de 40% do total de recursos a serem aplicados em 2010 em relação ao montante previsto pelo governo anterior.

Para Flávio Dino, é necessário pôr fim a idéia segundo a qual os grandes projetos são a salvação do Maranhão. Lembrou que a economia real do Maranhão não é movida somente pela implantação de grandes empreendimentos.  “Temos que superar a contradição de um estado rico com o povo pobre”, pontuou. Flávio disse que sua candidatura só tem razão de ser se representar as lutas sociais.

Francisco Sales disse que é preciso que o Maranhão tenha governantes comprometidos com os movimentos sociais e que compreenda a importância econômica e social da agricultura familiar. “O fortalecimento desse setor é importante não apenas para os agricultores, mas para o próprio estado”, acentou.

Durante o encontro, foram debatidas propostas como a necessidade de combater a violência contra a mulher, especialmente as trabalhadoras rurais, instalação de creches e políticas de saúde para a mulher. Também foi discutida a necessidade de uma Ouvidoria Agrária para o estado, ações de combate ao trabalho escravo, o Maranhão é o 2º no ranking da escravidão, mais seguranças nos assentamentos, bem como a implementação de políticas sociais nesses locais, entre outras.

Ao final da reunião, Flávio disse ter total identidade com as lutas sociais dos agricultores. Lembrou ser militante dos movimentos sociais desde os 15 anos, tendo, inclusive, sido advogado de diversos sindicatos de trabalhadores no estado. “São lutas que conheço bem”, assegurou. Flávio Dino participa nesta quarta-feira do encerramento da plenária da Fetaema.

Entidades – Na última quarta-feira, Flávio Dino reuniu-se com representantes de 11 entidades da sociedade civil. Na oportunidade, foram debatidas propostas para diversas áreas como moradia, comunicação, negros, segurança pública, etc.

Fonte: Assessoria  de Imprensa - Flávio Dino
Advertisemen