-->

Roberto Rocha confirma candidatura ao senado

Publicidade

O deputado federal tucano Roberto Rocha (em primeiro plano, acima) supõe que a sua pré-candidatura ao Senado Federal anda incomodando a grupo Sarney. O líder tucano acha “engraçado” todas as vezes que o Sistema Mirante fala da sua “improvável reeleição” a deputado federal.

O blog entrou em contato com Roberto Rocha para comentar sobre o editorial da coluna O Estado Maior, edição deste sábado (08), intitulada “Saída Honrosa”, onde o matutino de Roseana Sarney tenta passar a ideia de que a pré-candidatura do tucano seria uma espécie de ‘carta de seguro’ pela suposta reeleição a deputado.

“Fico surpreso todas as vezes que eles [sarneysistas] falam que não tenho condição de me reeleger a deputado federal. No entanto, em 1994 tive 27 mil votos; em 1998, 80 mil votos e em 2006, 140 mil votos, espalhados em todos os municípios do Maranhão, o que fez de mim o deputado mais votado da história. Ou seja, a minha opção pela candidatura ao senado é uma opção estratégica…”, disse.

Roberto Rocha é pré-candidato do PSDB ao Senado ao lado do ex-ministro Edson Vidigal na chapa que terá o governador deposto Jackson Lago (PDT).

Dos blogues de Ricardo SantosJohn Cutrim
Advertisemen