-->

Distribuição de sementes

Publicidade
Sagri prorroga até 14 de maio edital de distribuição

Os produtores familiares do Pará terão até o dia 14 de maio para participar do Edital de Credenciamento de Distribuição de Sementes para o plantio da safra 2010 de feijão caupi. O prazo, que encerraria em abril, foi prorrogado a pedido das prefeituras, associações e cooperativas de agricultores, para que possam organizar a documentação necessária para a habilitação à semente selecionada.

As 150 toneladas de feijão caupi, da variedade guariba, compradas pela Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) da empresa Tomazelli, de Mato Grosso, já chegaram ao Pará e começam a ser entregues no final desta semana nos municípios da região oeste do Estado, para cumprir o calendário agrícola. A variedade guariba é destinada à produção de grãos para alimentação e comercialização.

Para a produção de sementes básicas de feijão caupi foram adquiridas 116 toneladas da variedade BR-3 Tracuateua, da Embrapa de Imperatriz, no Maranhão, que recebeu R$ 500 mil do Ministério do Desenvolvimento Agrário para o plantio.

Ineditismo - O Edital de Credenciamento de Distribuição de Sementes é inédito no Pará e visa formar um banco de semente em cada município, para tornar os produtores auto suficientes em sementes selecionadas, reduzir a compra pela Sagri e não comprometer o calendário agrícola. A meta é produzir no mínimo mil toneladas de sementes para 2011.

Os produtores também receberão adubo e fertilizantes, mas terão de buscar assistência técnica da prefeitura, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) ou da rede não estatal para garantir o plantio. O grande desafio ainda é o armazenamento, que deveria ser em galpões climatizados, mas os agricultores ainda armazenam a produção em tonéis, latões ou garrafas pet.

Até junho deverá sair o edital relativo às culturas de milho e arroz para o plantio em janeiro do ano que vem. Para isso, a Sagri está fazendo um levantamento das demandas e necessidades dos produtores no Estado.

Com informações da Agência Pará
Advertisemen