-->

Conselheiros pedem afastamento de Presidente do Cejovem

Publicidade
por Rosana Miranda

O presidente do Conselho Estadual de Juventude (Cejovem), Ruy Oliveira Pires, pode estar com o cargo em risco. O Conselheiro Domingos Costa iniciou nesta segunda-feira a coleta de assinaturas na representação pede o afastamento de Ruy Pires.

Domingos Costa alega que a presença de Ruy Pires na presidência do Cejovem é uma afronta ao princípio da moralidade e da legalidade, destacando que o mesmo responde a processo criminal. “O Brasil todo se mobilizou pela aprovação do projeto ficha limpa. Como pode aqui no Maranhão vermos um Conselho de Juventude sendo presidido por alguém que, dentre outras coisas, é acusado de formação de quadrilha?”, questiona o Conselheiro.

A representação será encaminhada à Promotoria da Infância e Juventude e pedirá que Ministério Público do Maranhão proponha a medida adequada para afastar o Presidente.

O Conselheiro denuncia ainda que o presidente não vem cumprindo o Regimento Interno do Conselho e cita alguns casos: a não concessão de diárias e passagens aos conselheiros da sociedade civil, a não convocação de reunião no prazo regimental e nos prazos definidos pela Plenária do Conselho e a não observância da formalidade na ordem das votações.

“O presidente age como se o Conselho fosse algo privado, algo pessoal, uma extensão da casa dele. Ele como advogado deveria saber que os agentes públicos devem agir em conformidade com a lei e não com sua vontade pessoal. Só para se ter uma idéia, em seis meses de gestão, o presidente só realizou uma reunião.”, acusa Domingos. O propositor da representação espera reunir a assinatura de pelo menos mais cinco Conselheiros.

O Cejovem é composto por 30 membros, sendo 15 indicados pela sociedade civil e 15 indicados pelo poder público. A atual diretoria foi eleita em 1º de Dezembro de 2010 e é composta somente por membros indicados pelo governo do Estado.
Advertisemen