-->

Assassino de delegado de Penalva é preso em Sinop-MT

Publicidade
Moisés Martins Lima, conhecido por "Antonio Peixeiro", ainda continua na cadeia de Vera (80 km de Sinop) aguardando ser recambiado para o Maranhão, onde responde processo na participação no homicídio de um delegado da Polícia Civil. Ele foi preso no dia 6 de abril em Feliz Natal (130 km de Sinop) onde estava residindo há vários anos.

Conforme um assessor da juíza Íris Danielle Araújo Santos, da comarca de Penalva, onde aconteceu o crime, o precatório foi oficializado no último dia 6, pedindo a transferência dele. O processo estava supenso, de acordo com o prazo prescricional (onde o juiz recebe a denúncia e suspende até o acusado ser encontrado e ter o direito de defesa).


Moisés estava foragido desde o dia 30 de março de 2002, data em que ele e dois comparsas são acusados de ter matado o delegado que investigava roubo de gado no distrito de Jacaraé. O crime teria ocorrido no momento em que o delegado fazia uma inspeção de segurança, num clube, onde haveria um baile.

O que consta nos autos do processo, é que Moisés e outros dois homens estavam passando pelo local, reconheceram o delegado que foi levado até um "beco" e na frente de dois outros policiais civis, executaram com tiros na cabeça, não sendo informado quem estava com a arma. Foram presos, dias depois, Raimundo Santos e José Ribamar Santos. Moises acabou fugindo para Mato Grosso. Ele pode ir à júri popular.

Com informações de Júlio Tabile do portal Só Notícias.
Advertisemen