-->

Lenha na Vale

Publicidade
A Assembleia Legislativa do Rio apresentou, nesta quinta-feira, 16, denúncias que constam no Dossiê de Impactos e Violações da Vale no Mundo, durante o I Encontro Internacional dos Atingidos pela Vale. Desrespeito a trabalhadores brasileiros e estrangeiros, prejuízo ao meio ambiente e degradação da imagem brasileira em países como Moçambique e Canadá foram alguns dos problemas levantados. Durante o evento, que contou com o apoio da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Alerj, presidida pelo deputado Marcelo Freixo (PSOL), estiveram reunidos representantes de 80 organizações, vindas de 12 diferentes países.

"Anos atrás, a Vale construiu uma estrada de ferro que cortou no meio nossa comunidade, de 360 habitantes. Agora, colocou um poço de minério dentro do povoado. Esse poço prejudicou ainda mais nossas vidas. Existe grande poluição por causa do pó de minério, do carvão vegetal e de outros resíduos. Essa sujeira deságua no Rio Piquiá e acaba com a água que utilizamos para beber",  denunciou Edvard Dantas Cardeal, morador da comunidade de Piquiá, em Açailândia, no Maranhão.

Clique aqui e veja mais.
Advertisemen