-->

Imperatriz na rota do narcotráfico

Publicidade
A apreensão de 12 quilos de cocaína pura, na tarde do último sábado, no bairro de Fátima, em uma operação da Polícia Federal, revela o novo perfil do usuário da droga em Fortaleza. "É uma droga cara, difícil de ser encontrada, mas que agora circula entre usuários de Fortaleza", comentou o delegado federal de Repressão a Entorpecentes, Glayston Araújo. A droga foi apresentada na tarde de ontem, na Superintendência da Polícia Federal, ao lado de outros 7,8 quilos de cocaína ``batizada`` (misturada), apreendidos também no último fim de semana, em duas operações no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Tráfico interno

Apesar de ainda investigados, o traficante e a ``mula`` (pessoa que transporta a droga) foram autuados por tráfico interno de drogas. ``Rastreamos que a cocaína chegou a Fortaleza de Imperatriz (MA) e antes ela estava em Manaus (AM). Sobre a conexão com a Colômbia, no momento não podemos afirmar``, revelou Glayston, ao reconhecer que Manaus não cultiva e nem refina cocaína.
 
Mais em O Povo On-line
Advertisemen