Centenário de Neiva Moreira é celebrado

Publicidade
O Instituto Jackson Lago e a Academia Maranhense de Letras (AML), em parceria com o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), comemoram nesta semana o centenário de Neiva Moreira. Jornalista e político, José Guimarães Neiva Moreira nasceu no dia 10 de outubro de 1917. A programação inclui exibição de filmes, lançamento de livros, mesa-redonda, dentre outras atividades.

Considerado uma das principais atrações do evento, o seminário ‘1917 a 2017: 100 anos de Neiva Moreira’ será realizado na segunda-feira (9) e marca a abertura da agenda alusiva ao centenário. Nomes como Beatriz Bíssio, Paulo Cannabrava Filho, Nagib Jorge Neto, Clay Lago e Raimundo Palhano participam de uma mesa que vai discorrer sobre o legado de Neiva Moreira. O seminário ocorrerá no Espaço da Associação Maranhense de Escritores Independentes (AMEI), no São Luís Shopping. A cerimônia de abertura está marcada para às 18h.

Jhonatan Almada, reitor do Iema, organizou uma das obras de Neiva Moreira que serão lançadas na segunda-feira. Ele pontua que o legado de uma figura emblemática do cenário político como Neiva precisa ser celebrado. “Eventos como esse, que mostram a obra, história e trajetória de vida de uma pessoa, têm grande abrangência, são cheios de significados. Neiva foi um personagem ímpar de nossa história e sua contribuição em vida merece atenção e celebração”, destacou.

O livro ‘Neiva Moreira, semeador das rebeldias’, organizado por Jhonatan Almada, será lançado na segunda-feira, às 20h, no Espaço da AMEI. A apresentação da obra contará com a participação de dois mediadores: João Batista Ericeira e Rossini Coorêa.

Na terça-feira (10), o anexo da Rede de Biblioteca Bandeira Tribuzi do Iema será inaugurado na unidade vocacional do Iema da Praia Grande. O acervo desse novo anexo é composto por obras de Neiva Moreira e por livros que compunham a sua biblioteca particular. Todos os volumes foram doados por familiares do homenageado ao Iema. A inauguração está marcada para às 10h. Também na manhã de terça-feira, será realizado o lançamento digital do ‘Cadernos do Terceiro Mundo’ de Neiva Moreira.

Toda a programação da terça à noite do Centenário de Neiva Moreira ocorrerá na Academia Maranhense de Letras, no Centro Histórico. Haverá exibição de filmes sobre Neiva Moreira, mesa-redonda e lançamento de livros. As atividades começam a partir das 18h com a participação de Benedito Buzar, Édson Vidigal, Joaquim Itaparay, Nagibe Jorge Neto, Natalino Salgado, Sálvio Dino, dentre outros convidados especiais.

Segundo a presidente do Instituto Jakson Lago, Clay Lago, Neiva é um importante personagem da política nacional cujas contribuições e lutas pelo povo merecem lugar de destaque em nossa história. “Temos muitos motivos para comemorar seu centenário. Neiva foi um vencedor, por isso mantemos viva sua história e sua memória”, declarou.

José Guimarães Neiva Moreira foi jornalista e fervoroso atuante político brasileiro. Em 1950 foi eleito deputado estadual pelo Partido Social Progressista (PSP). Em 1954, eleito deputado estadual. Em 1962, reelegeu-se deputado estadual, e, em 1964, teve seus direitos políticos cassados. A atuação de Neiva Moreira não se deteve com a cassação política. O jornalista fundou junto com Leonel Brizola o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Casou-se com a jornalista e historiadora Beatriz Bíssio, com quem teve quatro filhos. Neiva Moreira faleceu aos 94 anos de idade, no dia 10 de maio de 2012, por complicações respiratórias.

Centenário de Neiva Moreira

Quando: Nesta segunda (9) e terça-feira (10).
Onde: Espaço da Amei, no São Luís Shopping (na segunda-feira, a partir das 19h); no Iema da Praia Grande (na terça-feira, a partir das 10h); e na AML, no Centro (na terça-feira, a partir das 18h).

Agência Secap e Direto da Aldeia

Publicidade