Vídeo: O que disseram Ciro e Flávio sobre a crise

Publicidade
O ex-governador do Ceará e ex-ministro da Integração, Ciro Gomes e o governador do Maranhão, Flávio Dino, participaram de debate no auditório Fernando Falcão da Assembleia Legislativa do Maranhão, em São Luís-MA, nesta sexta-feira, 18. O evento fez parte da Semana do Economista promovida pelo Conselho Regional de Economia do Maranhão (Corecon-MA) e foi transmitido ao vivo para o auditório a Decry | Facimp em Imperatriz-MA.

Ao lado do ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes, governador Flávio Dino debate conjuntura política e econômica do País

Para debater a conjuntura nacional, rumos e perspectivas para economia do Brasil, o governador Flávio Dino participou, na noite desta sexta-feira (18), ao lado do ex-ministro Ciro Gomes, da Semana do Economista, realizado pelo Conselho Regional de Economia do Maranhão (Corecon-MA). No encontro, Flávio Dino apresentou o posicionamento do Maranhão frente ao momentos de crise, que é de superação e desenvolvimento, na contramão dos demais estados da federação.

A uma plateia que lotou o auditório do Assembleia Legislativa do Maranhão, Flávio Dino agradeceu a oportunidade de poder, ladeado do ex-governador do Ceará, discutir a conjuntura da economia do país.

"Agradeço ao Conselho de Economia pela realização do evento, pela oportunidade de nós debatermos ideias sobre o Brasil com um líder da dimensão de Ciro Gomes, que tem uma belíssima trajetória como governador, como prefeito e ministro de Estado, portanto que tem experiência e conhecimento para nos ajudar a encontrar caminhos de desenvolvimento para o Brasil", pontuou Flávio Dino, que ainda adiantou: "Aqui falo sobre a minha visão acerca das questões nacionais, do nosso trabalho no Maranhão e estou principalmente para ouvir o Ciro".

Para Ciro Gomes, o encontro realizado pela Corecon é essencial para discutir a política e a economia face à crise. Os debates ajudam a encontrar saídas coletivas para o momento delicado.

"O debate é essencial já que o encontro das crises todas, hoje, sobre a sociedade brasileira é a mais terrível ameaça da história moderna do país, porque encontra-se uma crise econômica cujo o lado mais doído são 14 milhões de desempregados, e há uma crise social, quando, depois de 10 anos de um país melhorando, tem uma reversão grave do quadro de pobreza, e isso se insere no momento em que o cenário internacional também não ajuda", pontuou.

Mariana Salgado, Agência de Notícias Maranhão

Abaixo, republicamos os vídeos com transmissão ao vivo pelo Facebook do governador do Maranhão.







Publicidade