Caravana para o Desenvolvimento chega à Região Tocantina

Publicidade
A Caravana para o Desenvolvimento Empresarial estará nesta terça-feira (20) em Açailândia e nesta quarta-feira (21) em Imperatriz, promovendo uma série de negócios com fins a estimular empresariado maranhense. Promovido pelo Governo do Estado, o projeto tem como objetivo estreitar a relação do empresariado com a gestão, apresentando programas de Governo e beneficiando o segmento com inúmeros serviços. A caravana prossegue até novembro e vai percorrer 20 cidades maranhenses.

“A Caravana oferece uma oportunidade de diálogo mais próximo entre o governo e a classe empresarial, buscando a construção de ideias de forma coletiva, além de oferecer serviços e capacitação técnica”, enumerou o secretário de Estado de Governo (Segov), Antônio Nunes, responsável pela coordenação do evento.

Em Açailândia, a caravana será realizada dia 20, com abertura às 18h, na Faculdade Vale do Aço (Favale); e dia 21, a prestação de serviços, das 8h às 18h e oficina de Gestão Empresarial, das 18h30 às 22 horas. Dias 21, será a vez do empresariado de Imperatriz receber a ação, abrindo às 18h, na Associação Comercial e Industrial; e serviços com oficina de gestão, dia 22, a partir das 8h, no Centro de Convenções, centro da cidade.

Nesta etapa, os empresários terão acesso a informações da Junta Comercial do Maranhão (Jucema) para simplificar serviços relacionados ao registro de empresas. O órgão orienta sobre o sistema Empresa Fácil e benefícios que o programa proporciona aos 121 municípios integrados. “O sistema já está em funcionamento e tem contribuído para o ambiente de negócios no Maranhão. A Jucema tem feito um trabalho intenso para desmitificar a visão de que abrir uma empresa, alterar ou encerrá-la é difícil e burocrático”, explica o presidente da Jucema, Sérgio Sombra.

A equipe da Jucema também orienta no processo de descentralização das atividades da Junta, por meio dos escritórios regionais e postos de atendimento em 24 cidades estratégicas do Estado. “Entendemos que estar mais próximos dos empresários é uma estratégia que nos possibilita um melhor e mais facilitado atendimento, além de incentivar o empreendedorismo”, pontou o gestor.

Ainda na lista de serviços oferecidos pela Jucema na caravana constam ainda abertura, alteração e baixa de empresas; inscrição, alteração e baixa de Micro Empreendedor Individual (MEI); emissão de guias de pagamento, CNPJ e certificado da condição de MEI; emissão de DARE e DARF; orientação para registro da empresa. Equipes da instituição ficam disponíveis para prestar os esclarecimentos.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) dará apoio ao licenciamento ambiental, explicando os procedimentos para aquisição e acompanhamento da expedição do documento.O Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA) vai realizar atendimento e palestras, sendo uma sobre produtos pré-medidos (aqueles previamente pesados e embalados na ausência do consumidor), explicando as normas do Inmetro; e outra direcionada aos donos de postos de combustíveis. “Nosso trabalho tem foco na orientação, tanto individual, quanto na forma de palestras, além de oportunizar aos empresários que regularizem sua situação na negociação de dívidas”, reforçou o presidente do Inemq, Geraldo Carvalho Júnior.

Incentivos
O empresariado vai obter mais informações e se inscrever em importantes programas do Governo. Entre estes, o ‘Maranhão Juros Zero’, onde a gestão convenia com entidade financeira para conceder crédito de até R$ 20 mil reais sem juros; ‘Mais Empresas’, que concede redução da carga tributária ao empresário que deseja instalar ou ampliar seu negócio; ‘Maranhão Mais Produtivo’, que oportuniza às micro e pequenas empresas instaladas no Maranhão, facilitando o acesso a novos mercados); e o ‘Mais Empregos’, onde, a cada novo emprego gerado, o Governo concede crédito de R$ 500 no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Para garantir a ampla participação dos empresários no evento, a mobilização vem sendo promovida com apoio de parcerias firmadas junto às prefeituras e entidades de classes como: Clube de Diretores Lojistas (CDL), Associação Comercial, Sindlojas, Sindicato de Revendedores de Combustíveis, as Delegacias Regionais de Contabilidade e contato direto com o segmento.Participam ainda da caravana levando serviços e orientações equipes das secretarias de Estado da Fazenda (Sefaz), Segurança Pública (SSP-MA), Meio Ambiente (Sema), Indústria e Comércio (Seinc) e Ciência e Tecnologia (Secti), além do Sebrae e Banco do Brasil.

Sandra Viana
Publicidade