Aleluia em poemas de Ribamar Silva

Publicidade
Neste Sábado Santo deste mundo onde os sábados são insanos, nada como apreciar a poesia de Ribamar Silva.

Em destaque, acima, uma que trata do amor ao próximo e ao distante, do acolhimento que precisamos dar às pessoas.

O segundo nos remete a profundidade onde o senso comum apenas nos permite enxergar e ouvir de forma limitada.

Refletir. Páscoa é tempo de conjugar esse verbo. De preferência, no presente e mais ainda, no tempo mais-do-que-perfeito como foi o amor de Cristo pelos seus.


Ribamar Silva
Publicidade