15ª edição do projeto Literatura Mútua na Trapiche

Publicidade
A Galeria Trapiche, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís, realiza a 15ª edição do projeto Literatura Mútua com a escritora ludovicense convidada Thayná Rosa. A roda de conversa literária acontece nesta quarta-feira (19), às 19h30, com entrada gratuita. A Galeria fica localizada na Avenida Vitorino Freire, s/n - Praia Grande (em frente ao Terminal de Integração).

"O Literatura Mútua é uma ação que incentiva a formação de novos talentos na cidade. Ele iniciou no ano passado e para este ano ele já se estende para a Biblioteca Municipal ressaltando o papel dos equipamentos municipais de cultura de fomentar a literatura e arte local, além de impulsionar outros jovens a praticar a leitura e escrita. O projeto tem essa proposta de trazer jovens escritores maranhenses para rodas de conversas e isso acaba criando um atrativo para o público de todas as idades, em especial a juventude", destacou a diretora da Galeria, Camila Grimaldi.

Na oportunidade, Thayná Rosa irá comentar suas experiências de leitura e escrita, sendo ela uma representante de uma geração poética engajada que desponta entre saraus e movimentos de ocupação artística, como o Sebo no Chão. A escritora projeta em sua poesia um legítimo eu-lírico feminino que não se furta das experiências humanas sensíveis, tampouco da crítica à realidade à sua volta.

"Uma das diretrizes primordiais do Literatura Mútua é viabilizar ambientes de escuta e partilha para que leitores e autores compartilhem experiências de leitura e escrita. A Thayná é uma poetisa que divulga sua produção participando de recitais e através de uma página no Facebook. Sua literatura tem essa particularidade de transitar entre a tradição oral e o ambiente virtual, o que é um detalhe interessante sobre como as formas de expressão artísticas se adaptam aos espaços disponíveis para que as ideias possam fluir", considera Talita Guimarães, idealizadora do projeto e quem irá mediar a roda de conversa.

Para Thayná Rosa, participar do projeto literário é uma oportunidade de falar sobre poesia. "Achei a iniciativa algo incrível, pois temos muitas manifestações culturais na nossa cidade, só que a maioria é voltada pra música alternativa, e eu sempre falava com amigos escritores da UFMA que a gente precisava se organizar pra 'botar nossos trabalhos a vista das pessoas', porque acredito que é a gente que tem que correr atrás do público, e não esperar acontecer do nada", afirma Thayná Rosa.

Literatura mútua

Projeto literário sem fins lucrativos, idealizado pela escritora e jornalista Talita Guimarães, que visa reunir escritores contemporâneos publicados ou não, em rodas de conversa mensais sobre experiências de leitura e escrita. Em 2016, o Literatura Mútua promoveu 11 edições entre agosto e dezembro na Galeria Trapiche e na Feira do Livro de São Luís - FeliS. Em 2017, o projeto amplia atividades com edições mensais sendo realizadas também na Biblioteca Municipal José Sarney (Rua do Correio, s/n - Bairro de Fátima) e em visitas a escolas, como o Centro de Ensino São Cristóvão.

Entre poetas, cronistas, romancistas, jornalistas e dramaturgos, já compartilharam suas experiências com o projeto os escritores Felipe Castro (MA), Sabryna Mendes (MA), Jônatas (MA), Júlia Emília (MA), Thalita Rebouças (RJ), Ferréz (SP), Duda Veloso (MA), Igor Nascimento (MA), Gustavo Lacombe (RJ), Zema Ribeiro (MA), Manu Marques Barbosa (MA), Laísa Couto (MA), Elizeu Cardoso (MA), Aurora da Graça e Dyl Pires (MA). Em 2017, passarão pelo projeto ainda Lúcia Santos (MA), Beto Scanssete (MA), Déa Alhadeff (MA), Fernando Abreu (MA), Jorgeana Braga (MA), Frederick Brandão (MA), Sharlene Serra (MA), Rose Panet (PB) e Júnior Lobo (MA).

Saiba mais

Thayná Rosa

Natural de São Luís-MA, nasceu em 1997, acadêmica do curso de Ciências Sociais na UFMA e pesquisadora na área da ciência política. Começou a escrever lá pelos seus 12 anos, sempre influenciada pela poesia mais clássica. Já possui algumas poesias publicadas em revistas, como a Acre, mas suas participações com a poesia sempre foram mais em saraus poéticos organizados por produtores e músicos em eventos de São Luís e no Sebo no Chão. Sem nenhum livro ainda publicado, Thayná expõe suas poesias em uma página pública no facebook chamada A Rosa (facebook.com/thaynarosapoesia). Seus trabalhos são quase sempre carregados de rimas e versos bem definidos, com descrição da realidade de forma contemplativa, romântica e conturbada, em uma relação entre o concreto e o abstrato, permeado por indagações que a realidade traz à tona.

Talyra Guimarães

Nasceu em São Luís-MA (1989), é jornalista e escritora. Autora de "Recorte!" (2015) e "Vila Tulipa" (2007), agraciado com Prêmio Odylo Costa, Filho no XXX Concurso Literário e Artístico Cidade de São Luís em 2006. Edita o Ensaios em Foco (www.ensaiosemfoco.com), escreve e ilustra crônicas às quintas-feiras para o Armazém de Cultura (www.armazemdecultura.wordpress.com.br) e desenvolve projetos para Cinema e TV Pública em São Luís.

Agência São Luís de Notícias


Publicidade >







Recomendação do Google: