Parada Maranhense de Mulheres

Publicidade
O Fórum Maranhense de Mulheres chama toda a sociedade para participar da Parada Maranhense de Mulheres, momento de luta pelo dia internacional da mulher, de reivindicação por igualdade de direitos, contra a reforma da previdência, contra o feminicídio, o racismo, a homofobia, contra o patriarcado, o machismo e todo tipo de preconceito de gênero.

O dia 8 de março vai ser marcado por uma greve internacional de mulheres, ativistas feministas do mundo inteiro vão aderir ao movimento que é um grito contra a cultura de estupro, contra a violência de gênero, o machismo, o patriarcado etc... O movimento tem como frase de ordem “se não nos querem vivas, que produzam sem nós” , uma forma de ataque à violência que mulheres vivem todos os dias nessa cultura patriarcal e capitalista.

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), sete em cada dez mulheres foram ou serão violentadas em algum momento de suas vidas. São elas as maiores vítimas da guerra, vulneráveis à exploração, às violências geradas pelos processos migratórios, à xenofobia e ao racismo. O estupro ainda é uma tática de guerra oficial em pelo menos 20 países. Dos 25 países com maior taxa de feminicídio no mundo, 14 estão na América Latina.

Em pauta na manifestação é importante ressaltar a luta contra a Reforma da Previdência que, tal qual apresentada, ataca frontalmente a vida das brasileiras. A medida que tramita no Congresso Nacional como PEC 287, ignora a tripla jornada de trabalho feminina, o trabalho fora de casa, o trabalho doméstico e a maternidade, como fosse algo culturalmente superado, e propõe igualar a idade de aposentadoria entre homens e mulheres. Também busca aumentar o tempo de contribuição para aposentadoria de 15 para 25 anos e ainda prevê cortes em benefícios assistenciais que, em geral, favorecem as mulheres, responsáveis pelo cuidado com as crianças, com os deficientes e com os mais velhos.

O movimento também vai levantar a bandeira contra a homofobia, racismo e todo e qualquer tipo de preconceito que todos os dias vitimam milhares de homens e mulheres.

Por todos esses motivos é importante que toda a sociedade maranhense se mobilize neste dia 8 de março, na Praça Deodoro, às 15 horas, para levantar a bandeira contra a violência de gênero e preconceito e mostrar que juntas somos fortes!

Serviço

O quê : Parada Maranhense de Mulheres
Onde: Praça Deodoro
Quando: 08 de março
Hora: 15h

Letycia Oliveira
Publicidade >

Recomendação do Google: