Enquanto conclui UBS, município é socorrido pela SES

Publicidade
Para assegurar o atendimento na região de Santa Luzia do Paruá, o Governo do Estado disponibilizará, a partir da próxima quarta-feira (8), a estrutura do Hospital de Campanha, até a gestão municipal concluir a obra da Unidade Básica de Saúde (UBS), prevista para 60 dias. A gestão estadual vai possibilitar, ainda, o tratamento de alta complexidade, no Hospital Geral, após a finalização da reforma e ampliação da unidade.

O Hospital de Campanha será inserido no ginásio de esportes da cidade, onde vai prestar o atendimento à população. Leitos de apoio para internação serão instalados no local no período dos dois meses.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, que esteve reunido com a subsecretária Karla Trindade, o prefeito Plácido Holanda, de Santa Luzia do Paruá, vereadores da cidade e o promotor de Justiça, Hagamenon de Jesus Azevedo, ressaltou o empenho do governador Flávio Dino em entregar, ainda este ano, o Hospital Geral, ampliado e reformado.

“Todos os esforços estão sendo empenhados para concluir a obra do Hospital Geral, assim como a definição do perfil assistencial mais adequado da nova unidade para região, de modo a potencializar toda a capacidade que será instalada, para atender oportunamente os pacientes”, disse o secretário Carlos Lula.

Carlos Lula reúne com representantes de Santa Luzia do Paruá. Foto: Francisco Campos

O prefeito Plácido Holanda, gestor municipal de Santa Luzia do Paruá, mantém o diálogo com o governo estadual, visando qualificar a assistência em saúde e, por agora, atender as necessidades emergenciais da população, estimada em 24.663 habitantes. “É a terceira vez que reunimos com o secretário da Saúde, Carlos Lula, que também visitou o nosso município, em fevereiro, enquanto vistoriava os serviços de saúde e, de perto, viu a situação em que se encontra aquela população”, avaliou Holanda.

TAC
O Ministério Público Estadual (MPE) celebrará um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Estado e o Município de Santa Luzia do Paruá, estabelecendo o cronograma para recuperação, das etapas de reforma e ampliação, do Hospital Geral, que estão em plena execução, para atender toda a região de saúde de Zé Doca. O cronograma será apresentado para alinhamento dos prazos.

No período de 2013 a 2016, o município de Santa Luzia do Paruá, recebia repasse anual de R$ 2.300,942,60 da Secretaria de Estado da Saúde (SES). O recurso garantia atendimento ambulatorial e de internação na rede privada, no Hospital Santa Luzia, para evitar desassistência da população, mas não foi renovado em dezembro de 2016 pela gestão municipal.

“O estado está se comprometendo a finalizar a obra do Hospital Geral até o final do ano. O Munícipio, por outro lado, está se comprometendo a concluir a Unidade Básica de Saúde, em um povoado localizado a dois quilômetros da sede, com convênio com o governo federal. Em até 60 dias, ela passar a funcionar, temporariamente, como hospital até o estado concluir a reforma do hospital estadual”, disse o promotor de Justiça de Santa Luzia do Paruá, Hagamenon de Jesus Azevedo.

Com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o investimento nas obras do Hospital Geral é de R$ 8.284.917,85, em uma área do terreno com 9.716,64 metros quadrados. A execução da obra é da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

Andréa Gonçalves, Agência Maranhão de Notícias
Publicidade >

Recomendação do Google: