Temporada de caça ao tucano e outros temas do Plenário Popular

Publicidade

Assis, Madeira, dívidas e "conversa tensa" com médicos

Em declarações à coluna, o prefeito Assis Ramos disse que não tem como pagar um débito de R$ 24 milhões da Saúde e apontou a administração passada como responsável pela conta. "Não deixaram dinheiro pra gente pagar", afirmou categoricamente.

O prefeito desafiou e desmentiu o ex, Sebastião Madeira, a provar que deixou um saldo de R$ 5 ou R$ 6 milhões no caixa da Saúde: "Não existe isso, não existe isso. (...) eu vou em qualquer lugar com ele, pra ele apresentar (...) a contabilidade dele e eu apresentar a minha".


Clique na imagem e acesse [PDF]

A decisão do prefeito em buscar a Justiça para mediar o pagamento de dívidas com clínicas prestadoras de serviços, uma delas na área de nefrologia, aumentou a tensão com os credores.

Segundo o próprio Assis Ramos, a conversa com os médicos "foi tensa".

"Algumas dessas conversas, elas são bem tranquilas, outras são bastante tensas porque os fornecedores, de forma legítima, sobretudo as clínicas médicas, querem receber imediatamente, mas eu esbarro em questões legais. Eu não posso pagar dívidas da gestão anterior, até porque eu posso ser responsabilizado criminalmente. (...) Os médicos tem legitimidade de solicitar e exigir seu pagamento, mas nós temos obrigações legais e dispositivos legais que impedem que eu faça o pagamento", admitiu o prefeito.

Sem desculpas
O ex-prefeito Madeira lembrou que em 2009, quando assumiu, o inverno também foi rigoroso e com um adicional de 300 famílias desabrigadas, "mas a cidade funcionou em oito anos, com crise ou sem crise, com dinheiro ou sem dinheiro".

Adivinha pra quem a metralhadora está apontada?

Na manhã desta quarta, 22, Madeira [(D) Imagem destacada, Foto: Antônio Pinheiro], fez uma visita de cortesia à Câmara Municipal e concedeu a primeira entrevista a vários jornalistas após dois meses de sua saída do cargo.

Mais promoção
A deputada Valéria Macedo (PDT) destacou, na sessão desta quarta-feira (22), a promoção do médico Alberto Nasser a tenente-coronel, e pediu o fortalecimento da área da saúde militar no novo concurso da Polícia Militar que o governador Flávio Dino (PCdoB) pretende realizar.

A parlamentar disse que participou da solenidade, realizada no dia 10 deste mês. “Uma solenidade muito importante, muito emocionante e também uma solenidade que marca a vida de muitos policiais militares que prestam e doam a sua vida a serviço da segurança do povo do Maranhão”, afirmou.

O dono da herança
O deputado Zé Inácio reuniu-se, na manhã dessa segunda-feira (20), com membros das chapas “Construindo um Novo Brasil” (CNB) e “A Força Que Vem da Base”. A reunião teve como objetivo firmar o apoio das chapas a candidatura do deputado a presidente do PT estadual.


A chapa “A Força Que Vem da Base” pretendia lançar um candidato a presidente, mas tendo em vista a unidade do partido e a força do Deputado Zé Inácio, revolveram abrir mão da candidatura para apoiá-lo.
Publicidade >

Recomendação do Google: