‘Rombo’ na Saúde é maior, segundo prefeito

Publicidade
Azedou de vez a relação, que era de cavalheirismo, entre o prefeito Assis Ramos e o ex, Sebastião Madeira. Em entrevista à coluna, o atual disse na quarta-feira que o déficit na Saúde era de R$ 24 milhões, que encontrou quantia irrisória no caixa desta secretaria. Nesta quinta, 23, eis que o prefeito solta nota dizendo que o ‘rombo’ é muito maior: R$ 37 milhões, “sendo que muitos desses débitos sequer foram empenhados”.

“No esclarecimento ao público emitido nesta quinta-feira, 23, a assessoria de Assis Ramos disse que a Saúde passou de 2016 para 2017 com um caixa de R$7.516.031,74 e com restos a pagar de R$32.573.418,18. No decorrer de janeiro apareceram outros R$12.366.511,02 de contas em aberto sequer empenhadas, totalizando um “rombo” de R$ 37,3 milhões. A nota ressalta que, até do que foi empenhado, a antiga administração extrapolou em muito o limite orçamentário do Município e que o prefeito é obrigado fazer representações desses casos à Justiça e ao MP [Ministério Público], sob pena de ter que responder crime de omissão”, diz trecho de matéria da assessoria do prefeito sobre a nota divulgada pelo gestor municipal.


Clique na imagem e acesse (PDF). Fac-símile: Correio Popular

É!, agora a coisa fedeu. Parece que o prefeito caminha para judicializar não só o pagamento de contas com prestadores de serviços da Saúde (uma clínica de doenças renais ameaça suspender a hemodiálise e até fechar as portas), mas também se resguardar de possíveis sanções administrativas, como ainda levar a gestão que passou às barras da Justiça, se preciso for.

Madeira, por enquanto, solta farpas, mas não toca no assunto Saúde. Por enquanto. Em entrevista à coluna, durante visita à Câmara de Vereadores, alfinetou o sucessor: “Durante oito anos a cidade funcionou todos os dias com crise ou sem crise, com inverno ou sem inverno”.

Golpe na corrupção
A administração superior do Ministério Público do Maranhão apresentou à Procuradoria Geral de Justiça a programação dos Encontros Regionais de Gestão: MP contra a Corrupção. Os encontros ocorrerão a partir do mês de março em seis regionais: Balsas, Imperatriz, Morros, Santa Inês, Pinheiro e Timon. Os encontros servirão para apresentar a promotores de justiça, gestores e comunidades do interior do estado os projetos estratégicos e prioritários a serem desenvolvidos pelo MPMA em 2017, tendo como foco ocombate à corrupção. O encontro de Imperatriz está marcado para os dias 23 e 24 de março.

Olha o fumacê
O deputado estadual Léo Cunha (PSC) [Foto abaixo, Agência Assembleia] pede envio de veículos pulverizadores (carro fumacê) para os municípios do estado com maior ocorrência de proliferação do mosquito Aedes Aegypti. A solicitação foi encaminhada ao ministro da Saúde, Ricardo Barros e ao presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Antonio Henrique de Carvalho Pires.

Publicidade

Publicidade