Comitê das Pessoas com Deficiência faz 1ª reunião

Publicidade
A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) e a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) realizam a primeira reunião do Comitê Gestor Estadual de Inclusão Social das Pessoas com Deficiência. A reunião contou com a participação de representantes de cada Secretaria de Estado que compõe o comitê.

O objetivo da reunião, segundo a secretária adjunta de dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Beatriz de Carvalho, é discutir de forma transversal a política da pessoa com deficiência dentro do Estado com cada secretaria ou órgão. “O Comitê Gestor Estadual de Inclusão Social das Pessoas com Deficiência (CGEISPD) é um organismo instituído por lei e a partir do momento que a Secretaria Adjunta foi instituída dentro da Secretaria de Direitos Humanos, nós temos procurado dar vida a esse comitê gestor. Então é uma forma de estarmos discutindo de forma transversal a política da pessoa com deficiência dentro do Estado. Esse é o principal objetivo do Comitê Gestor: entender a política para pessoas com deficiência de cada secretaria”, disse.

Durante o encontro o secretário de esporte e lazer, Márcio Jardim, falou da satisfação em ampliar a política de direitos voltada para pessoas com deficiência através do esporte. “Nós do esporte temos compromissos que não são meramente programáticos do governo, é um compromisso de opção de vida, de opção filosófica. Entender que as pessoas são iguais independente de sua condição social, econômica, religiosa e física. Temos unido esforços na Sedel para ampliar essa política de direitos; temos um projeto que vai ser executado pela Lei de Incentivo. Sabemos da dificuldade que é fazer política voltada para esses segmentos da sociedade, pelo preconceito que enfrentam, discriminação, sobretudo numa sociedade brutalizada que estamos vivendo. O esporte é uma ferramenta de inclusão social e nossos representante da Sedel, por meio do Departamento da Pessoa com Deficiência, estão sempre empenhados nesse segmento”, disse Jardim.

Na reunião foi apresentado, pelos representantes do Departamento da Pessoa com Deficiência da Sedel, um documento com as propostas das Diretrizes Gerais da Política Estadual no Esporte e Lazer para a Pessoa com Deficiência. Tanto ações já desenvolvidas: Para JEMs 2015, com nove escolas participantes; ParaJEMs 2016, com a participação de cinco municípios, 10 escolas e 90 alunos; No lazer, Projeto Mais Lazer; quanto ações propostas a serem realizadas: ParaJEMs 2017.

“Agradeço aos nossos representantes: o Mangueirão, sempre empenhado nesse segmento; o Alan que é o coordenador do Departamento da Pessoa com Deficiência da Sedel; e a Marlizete do lazer que tem feito um trabalho ostensivo nos jogos escolares com paratletas. O esporte é uma ferramenta de inclusão social e um direito constitucional”, disse Jardim.

O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência é composto pelas secretarias/órgãos: Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular; Secretaria de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos; Secretaria de Estado da Educação; Secretaria de Estado da Saúde; Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social; Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano; Secretaria de Estado do Trabalho e Tecnologia Solidária; Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento; Secretaria de Estado da Mulher; Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação; Secretaria de Estado do Esporte e Lazer; Secretaria de Estado da Cultura e Turismo; Secretaria de Estado da Infraestrutura; Secretaria Extraordinária da Juventude; Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana; Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência; Fórum Maranhense de Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologias.

No encontro estavam presentes representantes da: Sedihpop, Seduc, Sectur, Sedel, Sejuv, Secid e Sinfra.

Agência de Notícias Maranhão
Publicidade >

Recomendação do Google: