Luana assume e Wikipédia atualiza

Publicidade
Diz o ditado: além de queda, coice. Porém, em alguns casos a queda vem acompanhada de bálsamo. Perfume e analgésico para alivia as dores.

Foram os casos de Deoclides Macedo (foto abaixo) e Ribamar Alves (foto acima, ao lado de Luana Alves). O primeiro perdeu a hegemonia de Porto Franco, com a derrota do prefeito Adersinho do PDT para Horácio Macedo.

O segundo, ele mesmo, perdeu a reeleição para a prefeitura de Santa Inês. Como bálsamo, Deoclides Macedo ganhou um mandato de deputado federal após sua legenda vencer uma demanda com o PMDB sobre a última vaga para a Câmara Federal.

E Ribamar Alves após a derrota para um tucano, ganhou uma vaga na Câmara para sua mulher, Luana Alves, no lugar de João Castelo (PSDB) que morreu na semana passada.

São as vicissitudes da política que beneficiam. A Wikipédia, hoje mesmo, atualizou:
Luana Maria da Silva Costa (Peri-Mirim, 14 de outubro de 1969) é uma médica e política brasileira, atualmente deputada federal pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

Esposa do prefeito de Santa Inês e ex-deputado, Ribamar Alves. Disputou em 2014 uma vaga para a Câmara dos Deputados, terminou a disputa como primeira suplente da coligação, com pouco mais de 51 mil votos. Após a morte do deputado João Castelo (PSDB), em 19 de dezembro de 2016, tomou posse para exercer o restante do mandato. (Wikipédia)
Redação


Publicidade