Tags

Vídeo: helicóptero da PM cai no Rio de Janeiro

Publicidade
Quatro policiais morreram. Imagens das câmeras do Centro de Operações Rio mostraram policiais militares junto ao helicóptero no solo, bastante danificado. Não há ainda informações se a aeronave foi abatida ou se teve uma pane. "Ainda não temos informações sobre isso. Somente a perícia poderá confirmar o que ocorreu", afirmou o major Ivan Blaz, porta-voz da Polícia Militar.

Além disso, um policial militar que estava na avenida Ayrton Senna, local da queda da aeronave, foi atingido por um tiro de raspão no braço e levado para o hospital da coporação. Ainda não há informação sobre o estado de saúde dele. O trânsito no entorno chegou a ser interditado por questão de segurança, mas segundo o Centro de Operações do Rio o tráfego na avenida Ayrton Senna e na Linha Amarela já foi liberado.

Houve registro também de troca de tiros no Morro do Alemão. Nao há detalhes sobre a ocorrência, nem informações sobre feridos.

Em 2009, dois policiais morreram e três ficaram feridos após um helicóptero da Polícia Militar realizar um pouso forçado no Morro dos Macacos. A aeronave, parcialmente blindada, havia sido atingida por tiros durante uma operação policial. Além dos tripulantes mortos, um capitão da PM foi baleado na perna e outros dois policiais tiveram queimaduras leves.



Dia tenso

Nesta tarde, um tiroteio na região fechou vias na zona oeste do Rio. Segundo relatos de moradores, a Polícia Militar realizava uma operação na comunidade nesta tarde. Por volta das 16h, o Centro de Operações informou que a estrada do Gabinal, em Jacarepaguá, e a linha Amarela - nos dois sentidos - estavam interditadas em razão de uma ocorrência policial. Cerca de 40 minutos depois, a via expressa foi totalmente liberada.

De acordo com o comando da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Cidade de Deus, um grupo de bandidos bloqueou a avenida Edgard Werneck colocando fogo em lixeiras e pneus na via. Equipes policiais foram para o local e houve resistência dos criminosos. O veículo blindado do Batalhão de Polícia Militar de Bangu (14º BPM) foi para o local e os suspeitos fugiram.







Mais cedo, uma intensa troca de tiros já havia fechado a linha Amarela, via expressa que liga a zona oeste à zona norte do Rio, por cerca de vinte minutos, na altura da Cidade de Deus. Nas redes sociais, os usuários relataram que motoristas entraram em pânico durante o confronto e tentaram voltar na contramão.
R7
Publicidade

Related Posts
Disqus Comments